Bule Voador

Ateísmo, Deus e Ética

Como pessoas ateias agem moralmente se a presença de Deus é irrelevante em seu cotidiano? Antes de acusar o bom teísta de preconceito é possível mostrar-lhe que sua ideia sobre ausência de moral na ausência de Deus está equivocada.

Imagine 02 experimentos mentais, e para cada um deles duas possíveis ações:

  1. Maria é casada e frequenta uma academia. Por motivos irrelevantes aqui, considere que seu marido nunca a acompanha nesta atividade. Um homem solteiro se aproxima dela e começa um diálogo. Passados alguns dias, e outros papos, o homem a convida para sair. Ele sabe, entretanto, que Maria é casada. Ela reforça esse detalhe, e mesmo assim ele insiste.

Ação A: sentindo-se incomodada, Maria decide se afastar do homem e troca de academia.
Ação B: Maria cede e acaba traindo o marido.

  1. João está enfurecido com alguém por uma razão banal: Não conseguiu controla-se pelo simples motivo de ter recentemente conhecido uma pessoa da qual discordou dele de vários aspectos políticos atuais.

Ação A: João consegue esfriar a cabeça ao decidir dar uma volta na quadra.
Ação B: João pega numa arma e mata seu interlocutor.

Nos dois exemplos a ação A seria uma das possíveis esperadas naquilo que a maioria das pessoas considera como moralmente correto. Traição e assassinato por razões fúteis são atitudes normalmente tomadas como desprezíveis.

Faço a pergunta: Nos dois casos, por qual razão seria necessário invocar alguma entidade divina para justificar a ação A em detrimento da ação B. Mesmo assumindo que o teísta consiga parar para pensar nos mandamentos em uma situação de vulnerabilidade emotiva, não é óbvio que a crença na existência em Deus seja condição necessária para ações morais corretas. O que está em causa é o seguinte: Até pode ser o caso de em alguma medida a crença em Deus ser relevante para a tomada de ações éticas, mas não é o caso que a crença na sua inexistência (um ateu) impeça da pessoa decidir pela ação A.

Comumente se insiste que ateus são incapazes de agir moralmente. Isso parece assumir que há uma correlação positiva entre acreditar em Deus e ser uma pessoa ética, ou, nas palavras de muitos, que há uma correlação positiva entre ser um ateu e ser infeliz e imoral. Se isso fosse verdade os países escandinavos (como Suécia, Dinamarca e Finlândia que possuem um número expressivo de pessoas declaradas ateias) estariam sempre no topo da lista dos países mais violentos e mais infelizes. O que se vê é justamente o contrário. Acontece que tomar estes dados e assumir (pelo menos a priori) que pessoas ateias são mais felizes e moralmente mais virtuosas está tão equivocado como assumir que pessoas religiosas são mais propensas a serem mais felizes e mais virtuosas pela mera razão de acreditarem em um Deus. Que o ser humano é um mosaico de complexidade psicológica já deveria ser claro. O que é espantoso é a permanência da ideia  falsa que alega impossibilidade de ações morais para a pessoa ateia.

Para quem não consegue vislumbrar a possibilidade de ações morais sem a presença de Deus está desconhecendo o mínimo de um trabalho filosófico extensamente elaborado ao longo da história intelectual humana. Colocando de outra forma a pergunta do teísta: Como seria possível as ações A dos exemplos supracitados se uma pessoa “não tem Deus no coração”? Bem, existem ao menos quatro teses morais que, embora diferenciadas em detalhes, chegariam no mesmo resultado moral. Destas, só uma assume a existência de Deus. Estas éticas são: a cristã, das virtudes, a deontológica/Kantiana e a utilitarista/consequencialista. Com pouca reflexão é possível defender que as ações A são as mais corretas nestas quatro teses éticas. O que fica logo evidente é que a existência de Deus é um tanto irrelevante (mesmo que ele exista) para que pessoas possam agir moralmente.

Não estou assumindo que todas as pessoas ateias conhecem minimamente as teses morais que prescindem da existência de Deus para funcionarem. Mas estou a dizer que uma das coisas que os filósofos eticistas fazem é tentar encontrar razões que normatizam como as pessoas agem (ou deveriam agir) moralmente, mesmo que muitas vezes elas nem saibam como justificar à luz de teses morais o porquê de escolherem a ação A ao invés da B.

Por fim uma alfinetada inevitável: Paulo de Tarso é muitas vezes apontado como um misógino e homofóbico e alegava que só haveria salvação para aquele que aceitar os dogmas sobrenaturais do cristianismo. É verdade, entretanto, que há outros que dirão o diferente: O que importa são as ações, então um ateu com boas ações poderá ir para o céu. Essa defesa, entretanto, embora mais respeitável que a postura de Tarso, desemboca na mesma independência de Deus comentada acima. Você até pode ser uma pessoa melhor acreditando em Deus, mas disso não se segue que será uma pessoa ruim caso não acredite. Se ao ateu não é garantido a salvação cristã (assumindo que isso seja sequer relevante para ele), então eu diria os cristãos: Seja cético com seu Deus, no mínimo ele não gosta muito de pessoas que são curiosas e questionam a existência de uma entidade que não parece fazer muito esforço para mostrar sua existência óbvia no mundo.

Cicero Escobar
Editor-Chefe do Bule Voador.
  • Odisseu Fernandes

    A palavra Deus se deteriorou nas bocas de pastores e padres aproveitadores, que falavam muito e faziam pouco, por isso muitos tem uma visão negativa da palavra, é só uma palavra ou simbolo colocada pra explicar coisas que a ciência cada dia explica melhor, não é um homem que vai baixar na Terra e falar: “Ae galera, to de olho heim!”

    Algumas doutrinas pregam que vivemos uma matrix, para aprender a lidar melhor com nossos sentimentos e relacionamentos com as outras pessoas, vejo inclusive os ateus como pessoas mais avançadas nesse caminho, já que não precisam acreditar e estudar coisas subjetivas para manterem sua moral, equilíbrio e felicidade plenas!

    As religiões sempre tiveram muito preconceito com o ateismo, e acredito que hoje esta virando ao contrário. Pela visão ateista você pode olhar essas doutrinas como uma programação neurolinguística, principalmente na recuperação de traumas. O que essas doutrinas pregam, serve para melhorar a vida da pessoa, equilibrar ela, ajudar a se sentir bem, se encaixar novamente na sociedade, etc

    Exemplo: você saberia expressar o sentimento de perder um filho ? É muito dificil pra maioria das pessoas, por isso faziam filas enormes esperando Chico Xavier, para buscar um pingo de paz nas suas vidas com o grande amor que ele transmitia. Sem ter passado por um tipo de sofrimento grande desses fica complicado entender porque a mente as vezes busca explicações no sobrenatural, mas se faz bem as pessoas, é isso que importa! Mesmo se quiser acreditar que é apenas um efeito placebo, foda-se, já foi testado e provado que o efeito placebo existe e funciona bem.

    A ligação entre moral e Deus, ao meu ver, não está ligada tanto a: “você acredita em Deus então tem moral, se não acredita não tem” isso pra mim está acabando com as novas gerações. A ligação que vejo é como, por exemplo, dois irmãos gêmeos, tendo duas geneticas muito parecidas, crescendo em ambientes similares podem ser tão diferentes moralmente e intelectualmente.

    Outro ponto interessante em acreditar em doutrinas reencarnacionistas é que ajuda as pessoas a não terem o seguinte pensamento: “Se quando eu morrer acabou tudo, então vou torar o pau!”. Maria no seu exemplo poderia pensar assim e trair o marido escondida quantas vezes quisesse, já que ele não descobriria e ela poderia morrer em paz que tudo vai se perder no avanço do tempo. Já essas doutrinas acreditam nas conexões das coisas, principalmente na lei de causa e efeito.

    Alguns ateus perdem muito tempo tentando defender seu lado, não conheço vocês do blog para afirmar isso, mas alguns que conheço são assim, a diferença deles pra o testemunha de jeova que bate na minha porta no domingo é apenas as palavras que usam, porque o fim é o mesmo, tentar me convencer. A religião, doutrinas, filosofias, devem ser usadas para tornar a pessoa melhor, não pra pregar nada pra ninguém e nem ficar perdendo tempo estudando coisas que não são sentidas, devem deixar o sobrenatural ou o nada como surpresa pra descobrir depois da morte, o que importa agora é o agora!

    As questões que religiosos e ateus, qualquer ser humano, devem fazer é interna: “Eu estou feliz ? Eu estou consciente das minhas ações ? O que faço afeta alguém negativamente ? Minha vida está equilibrada em todos os aspectos ? Me sinto completo no que faço ?” e não externas como “Você acredita em Deus ?”, isso é irrelevante. Se você se mantendo ateu, consegue responder as questões acima positivamente com sinceridade, ou caminha para isso sem depender de nenhuma religião ou doutrina, continue no seu caminho. Agora caso se esconda atrás de uma máscara, como alguns filósofos pessimistas ou alguns buscadores compulsivos de prazeres que não se completam, a real é que o mundo é muito bom, deve buscar entender que todos podemos viver felizes e o mundo avança nesse sentido, seja lendo Kant, Paulo de Tarso ou assistindo um filme mundoestranho.abril.com.br/cinema/a-filosofia-real-por-tras-das-licoes-de-10-mestres-da-cultura-pop

    Resumo: as doutrinas cristãs (sérias) servem para trazer o amor na vida das pessoas, você pode ver elas como uma simples programação mental, ou ser uma pessoa que acredita, tanto faz, o importante não é a forma, porque ela muda, é o fundo, que é sempre o mesmo, o amor.

    Obs.: Isso não é uma critica ao seu texto, gostei dele de verdade! Muito sensato e coerente! Escrevi o textão pra explicar que a visão espiritualista e não dogmática que algumas doutrinas compartilham não é a mesma enfiada guela abaixo do tipo: “ateu morreu vai pro inferno!”. Sou espiritualista, não tenho religião, mas acredito no espirito e estudo ele no budismo, espiritismo, umbanda, xamanismo e algumas correntes filosóficas.

    • Cicero

      Odisseu, obrigado pelo comentário.
      Concordo contigo quando dizes que há por aí alguma coisa como o “o ateu religioso”. De fato há: existem religiões que são ateias (jainísmo e budismo). E entendo que você quis mostrar que há ateus que atuam como alguns dos religiosos mais fervorosos, colocando suas crenças quase que como um slogan mal vendido. O propósito do texto, entretanto, foi só mostrar que não há vinculação direta entre ação moral e crença na inexistência de Deus. Isso é relevante porque, infelizmente, é uma crença falsa de muitas pessoas (não aprece ser o seu caos, felizmente).

      Sobre o seu contraponto do exemplo da Maria. O que está em causa aqui é o valor intrínseco da ação moral A. Se ela optasse por “trair o marido escondida quantas vezes quisesse, já que ele não
      descobriria e ela poderia morrer em paz que tudo vai se perder no avanço
      do tempo”, significa que ela não estaria considerando que as boas ações éticas são boas por suas propriedades intrínsecas (e não porque eventualmente foram comandadas por alguém). Qualquer pessoa racional pode concluir isso, sem a necessidade de um agente externo ou uma crença na salvação.

  • Marcelo Gaio

    Bom texto. Por que invocar? Primeiro porque a pessoa já acredita, já utiliza essa ‘técnica’, essa ‘ferramenta’ com sucesso e também já entregou a sua vida, a sua vontade a deus.
    A gente quando ouve as nossas próprias vontades mata e trai mesmo. Questão de etica, convenhamos, fazer o que ‘é considerado certo’ é puro jogo de interesse.
    É dificil ir contra as próprias vontades, contra o interesse geral. Por isso que a pessoa tem que contar com um ‘extra’, um poder, uma vontade superior. Senão é fazer o que quer ou o que os outro querem quem que voce faça. Isso nunca vai significar que é o certo a se fazer.

  • Cícero

    O ex-ateu, filósofo, escritor, poeta, professor C.S. Lewis argumenta de forma impressionante sobre a ideia da injustiça e moral. Ele acreditava que tais negatividades no mundo confirmava o seu ateísmo. Mas isso acabou no momento em que parou para pensar de que modo ele sabia que o mundo era injusto. Escreveu:
    “Como ateu, meu argumento contra Deus era que o Universo parecia cruel e injusto demais. Mas de que modo eu tinha esta ideia de justo e injusto? Um homem não diz que uma linha está torta até que tenha *alguma ideia* do que seja uma linha reta. Com o que eu estava comparando este Universo quando o chamei de injusto?”
    Essa percepção levou Lewis a abandonar o ateísmo e por fim, unir-se ao Cristianismo…

    “Não há nação tão bárbara, nem raça tão bruta, que não esteja impregnada com a convicção de que há um Deus. O senso de divindade está tão naturalmente gravado no coração humano que até os depravados são forçados a reconhecê-lo” – Calvino.

    “Se não há Deus, *TUDO* é permitido” – Dostoiévski.

    Mas o que é a vida, qual o seu sentido, por que o homem é tão diferente do resto da natureza/animais? e se nada existe além da morte,… nem juízo, nem castigo, nem céu, nem recompensas, nem Deus, então por que eu deveria ser ético, moral e justo???
    Ora, comamos, bebamos, pecamos, aprontamos e morramos e fim! TODOS ficarão no mesmo nível no final e pronto!
    Quantos morrem na cegueira se emaranhando nas coisas do mundo. Outros querem “aproveitar” ao máximo achando que vão viver uns mil anos aqui.
    Será que somos como um cão, gato, barata morreu e fim? Então qual o sentido da vida se é só isso?
    Contudo, na natureza vemos que o vapor se transforma em água, a lagarta se transforma em borboleta, e o embrião se transforma numa pessoa. Lei de Lavoisier não é real? Por que seria diferente pra alma, nossa entidade imaterial?
    Toda lei possui o criador da lei. Existe uma lei moral. Portanto, existe o Criador da lei moral.
    Mais uma vez:
    “Todo mundo conhece certos princípios. Não existe uma terra onde o assassínio seja uma virtude e a gratidão seja um defeito”.C. S.Lewis,

      • Cícero

        Que hilário citar essas falácias, mas seja feliz com seu fanatismo fundamentalista ateista!

    • Ronaldo Alves

      Falando em injustiça, a idéia cristã de salvação do cristianismo é muito justa né?
      Por exemplo, de acordo com este sistema, se Adolf Hitler tivesse experimentado uma epifania enquanto estava deitado no seu leito de morte e aceitado Jesus com seu último suspiro, ele teria recebido um perdão incondicional e ido para o Céu, sem culpa, Atrocidades absolvidas e esquecidas. Enquanto isso, os milhões de judeus inocentes que ele assassinou teriam ido para o inferno sofrer por toda a eternidade. Isto não é apenas absurdo, é ofensivo.

      “Não há nação tão bárbara, nem raça tão bruta, que não esteja impregnada com a convicção de que há um Deus”
      Calvino não conhecia os Pirahãs.

      “Se não há Deus, *TUDO* é permitido” – Dostoiévski. Se nada existe além da morte,… nem juízo, nem castigo, nem céu, nem recompensas, nem Deus, então por que eu deveria ser ético, moral e justo???”
      A grande falácia aqui é o postulado de que Deus determina a moral, que obviamente é falso, não se sustenta, uma vez que existem ateus morais e cristãos amorais. Aos que têm dificuldade nessa questão, sugiro o seguinte experimento mental: Mesmo acreditando em Deus, imagine-se num universo em que ele não exista. Como seria aferida sua moral? Pense nas coisas que você não faz porque dizem que Deus reprova, como homicídio, roubo, estupro, agressão. Você se sentiria livre para fazê-las?
      Em caso negativo, é sinal de que existem outros meios de decidir a instância moral de cada ato, e não é à toa que existem hoje tantas teorias morais não religiosas.
      Em caso positivo… bem, para o bem da sociedade, é melhor que você mantenha sua religião. Nesse aspecto concordo com o Sant’Ana que a religião é uma boa ferramenta de domesticação, ou seja, é útil, mas utilidade não implica veracidade. A idéia do Papai Noel também pode ser útil, no sentido de ajudar a manter as crianças comportadas – domesticá-las – mas isso não a torna necessariamente verdadeira. Do mesmo modo, do fato de a religião dar base moral para as pessoas que nela acreditam não se segue necessariamente que Deus existe.

      “Será que somos como um cão, gato, barata morreu e fim? Então qual o sentido da vida se é só isso?”
      Exatamente. Somos apenas uma espécie animal dentre milhões de outras. O sentido da vida é aquele que vc escolher para ela. A responsabilidade é sua.

      “Por que seria diferente pra alma, nossa entidade imaterial?”
      Como uma alma interagiria com a matéria normal considerando a teoria quântica de campo?

      • Cícero

        Por exemplo, de acordo com este sistema, se Adolf Hitler tivesse experimentado uma epifania enquanto estava deitado no seu leito de morte e aceitado Jesus com seu último suspiro, ele teria recebido um perdão incondicional e ido para o Céu, sem culpa,…

        Bom tema!
        Bem, o ladrão na cruz foi salvo, Hitler também poderia. Esta é mais uma virtude maravilhosa de Deus. Ele não faz acepção de pessoas!
        Mas no holocausto, certamente foi uma espécie de retribuição da lei da semeadura, que os próprios judeus plantaram e colheram, ainda mais pelo que disseram acerca de Cristo.
        “E, respondendo todo o povo, disse: O seu sangue caia sobre nós e sobre nossos filhos!” Mt 27:25. (gerações seguintes).

        Obviamente os judeus clamaram por livramento naquela situação. Porém o plano maior de Deus para nossas vidas é a salvação, a morada no céu. Esta vida é muito breve, é como um vento que vem e se vai em comparação à eternidade, esta sim a verdadeira vida, aqui seria um teste. Deus até deseja que possamos ter uma vida próspera e longa nesta terra, contudo, Ele sabe o futuro de cada um e muitas vezes abrevia esta existência objetivando a salvação, para evitar o pior (perdição) no futuro e logicamente Ele dá muitas oportunidades de nos entregarmos a Ele em vida. Somos indesculpáveis quanto a isso. Romanos cap.1 e 2 falam claramente. Mas Ele só pode atrair não pode forçar.
        A bíblia diz: “Preciosa é à vista do Senhor a morte dos seus santos.” Sl 116:15. Assim, com certeza Ele estava olhando para cada um daqueles que morreram no holocausto e certamente aqueles que clamaram por Jesus receberam a vitória assim como o ladrão na cruz. “hoje mesmo estarás comigo no paraíso”.

        Fizeram isso com um próprio judeu. O deleite dos cristãos é que em breve (futuro) ou agora mesmo no mundo, o Deus de vingança Yahweh fará justiça:
        “O justo se alegrará quando vir a vingança; lavará os seus pés no sangue do ímpio.”
        “E executarei sobre eles grandes vinganças, com furiosos castigos, e saberão que eu sou o Senhor, quando eu tiver exercido a minha vingança sobre eles.”
        “Porque bem conhecemos aquele que disse: Minha é a vingança, eu darei a recompensa, diz o Senhor. E outra vez: O Senhor julgará o seu povo.”
        “E Deus não fará justiça aos seus escolhidos, que clamam a ele de dia e de noite, ainda que tardio para com eles?”

        Calvino não conhecia os Pirahãs.

        Os pirahãs não conheciam esse estudo:
        http://www.telegraph.co.uk/news/religion/3512686/Children-are-born-believers-in-God-academic-claims.html

        uma vez que existem ateus morais e cristãos amorais.

        Religiosidade não significa santidade. Jesus até disse: “nem todos que dizem Senhor, Senhor entrarão no reino dos céus.” Mas os ateus não podem alegar que a moral/justiça viriam do naturalismo materialismo cego, frio, impessoal, irracional, incognoscível, inanimado de elementos químicos em nós.

        Em caso negativo, é sinal de que existem outros meios de decidir a instância moral de cada ato, e não é à toa que existem hoje tantas teorias morais não religiosas.

        Mas se não há o Autor Moral (cfe. bem expressado na Bíblia) então qualquer um poderia estar “certo” em afirmar que o roubo, estupro, o homicídio, o holocausto ou qualquer outro mal não é realmente errado, pois tudo não passa de reações químicas… e os criminosos crueis não teriam culpas em seus atos, pois tudo não passa de reação química-física irracional. Mas nós sabemos intuitivamente que esses atos são errados por meio de nossa consciência, que é a manifestação da lei moral – um atributo não físico.

        Exatamente. Somos apenas uma espécie animal dentre milhões de outras. O sentido da vida é aquele que vc escolher para ela. A responsabilidade é sua.

        Creio que somos bem mais que animais irracionais. Não podemos convidar nossos ‘primos’ (sic) macacos, pra falar sobre isso aqui.
        Se estamos aqui, é poque há um propósito e devemos agradecer a Deus (por isso somos boas criaturas criadas por um Deus bom), mas podemos fazer o que quiser de nossa vida pela livre-escolha.
        Se nascemos com tendencia para pecar, não significa que não há cura, mas se ignorarmos as advertências pelo caminho que levam a destruição, não podemos culpar a Deus.
        Mas quem obstinadamente rejeitou a Cristo nesta vida, sabe que lá no inferno dirão a si mesmos “Eu mereço este lugar terrível, como fiz força para estar aqui, por isso odeio mais a Deus ainda!”
        Todos que vão ao inferno, poderiam evitá-lo se quisessem, ninguém terá desculpas.

        Como uma alma interagiria com a matéria normal considerando a teoria quântica de campo?

        Não somos pura matéria. Se eu chutar uma cadeira, ela não reagirá porque é somente moléculas, mas se for em vc, será diferente!

        • Ronaldo Alves

          “Bem, o ladrão na cruz foi salvo, Hitler também poderia. Esta é mais uma virtude maravilhosa de Deus. Ele não faz acepção de pessoas!”
          Claro que não. Ele só é capaz de mandar para o inferno – por nascer num lar judeu e ter aprendido a adorar Javé ao invés de Jesus – uma garota de 15 anos que tenha sido estuprada e morta. Enquanto isso, seu assassino, preso e condenado à morte, converte-se ao cristianismo na cadeia e ao ser executado vai direto para o céu. E considerando-se que a punição para os que morrem fora da fé cristã é uma eternidade de tormentos no inferno, e os bilhões de pessoas às quais jamais foi concedida a chance de serem “salvos” em virtude de terem nascido antes de Jesus, ou no interior da Améria do Sul, Central ou do Norte, ou na Ásia e Austrália, e jamais terem ouvido falar do evangelho. Viu, deus não faz acepção de pessoas. A injustiça é igual pra todos…

          “Mas no holocausto, certamente foi uma espécie de retribuição da lei da semeadura, que os próprios judeus plantaram e colheram, ainda mais pelo que disseram acerca de Cristo.”
          Certo. As idéias nazistas sobre pureza racial e superioridade ariana não tiveram nada a ver com o holocausto judeu. Hitler foi um instrumento de Deus. Assim como os europeus foram instrumentos de Deus para dizimar populações nativas da América porque aqueles selvagens ignorantes não seguiam o evangelho. O fato deles terem nascido num outro continente e jamais terem ouvido falar de Cristo não é desculpa. Inferno neles…

          “Os pirahãs não conheciam esse estudo: http://www.telegraph.co.uk/news/religion/3512686/Children-are-born-believers-in-God-academic-claims.html
          E os meteoritos não conheciam a Lavoisier que provara que não havia meteoritos declarando: “Não podem cair pedras do céu, visto que não há pedras no céu.” Só mesmo na sua cabeça distorcida que um estudo ou uma especulação vale mais que um fato. E o fato é que Calvino errou ao dizer que “Não há nação tão bárbara, nem raça tão bruta, que não esteja impregnada com a convicção de que há um Deus.” Os pirahãs não acreditam em Deus apesar do Calvino afirmou. Teu link é sobre a predisposição infantil para acreditar em um ser supremo porque crianças assumem que tudo no mundo foi criado com um propósito. Isso é outra coisa e não implica na existência de um criador.

          “Religiosidade não significa santidade.” Nem moralidade implica em divindade, ainda mais com milhares de divindades pipocando por ai. A moral de Javé é diferente da moral de Alah, que é diferente da moral de Buda, que é diferente da moral de Brama, que é……Entendeu ou preciso desenhar? Falando em Javé, existe uma frase muito boa do Isaac Asimov, propícia neste momento: “Lida propriamente, a Bíblia é a força mais potente para o ateísmo jamais concebida”. Pois é. A Biblia (versão oficial de King James) é um dos livros mais sangrentos e imorais já publicados. Os diversos evangelhos, que frequentemente se contradizem, contém histórias recheadas de comportamentos absolutamente inimagináveis nos dias de hoje. São encontradas em diversas passagens menções diretas (e não metafóricas) a: ódio contra outros povos (não judeus), ódio e desprezo a mulheres, ódio a homossexuais, estupro, genocídio, infanticídio, vingança, inveja, ganância, entre outras pérolas. “Ah, mas isso são textos do Velho Testamento e não os consideramos mais hoje em dia” dirá rapidamente um cristão em defesa. O Novo Testamento, apesar de ser uma melhora significativa (Jesus foi, de fato, um grande inovador ético) ainda possui diversas passagens detestáveis para os padrões atuais. “Abandone tudo, sua casa, amigos, e sua família, e venha me seguir”. Que papo é esse? Sem falar no conceito do pecado original, onde toda humanidade é culpada pelo erro de Adão ao comer o fruto da árvore do conhecimento. Já nascemos devendo e culpados por algo que não fizemos. Que merda de moral é essa? E ainda tem a doutrina do inferno que começou a surgir perto do fim da era do Antigo Testamento, mas Jesus Cristo foi o responsável por codificá-la e formalizá-la completamente como parte da doutrina cristã, da qual migrou para as religiões monoteístas em geral. Como este grande mestre moral explicou, o Inferno é um lago de fogo terrível onde todos aqueles que desobedecem a Deus irão quando morrerem, sofrerem e serão atormentados eternamente sem esperança de fuga. É difícil manter uma cabeça clara e não ficar com raiva quando se discute essa doutrina. O inferno é de longe a pior idéia religiosa que os seres humanos já inventaram. Certamente, em termos da quantidade de crueldade que uma pessoa pode desejar infligir a outra, ela é, por definição, insuperável. Como disse Thomas Paine, a crença em um deus cruel torna um homem cruel , e muitas atrocidades religiosas cometidas através dos séculos podem, direta ou indiretamente, ser rastreadas até a crença no Inferno.
          O problema é: se a moral vem de Deus (ou Maomé, ou Buda), que nos é passada através de escrituras, as quais foram escritas por homens, de diversas épocas, muitos deles que as vezes nem se conheceram, como podemos confiar nessas escrituras? Por acaso existe algum manual dizendo “essa é uma lenda ou parábola com ensinamento de valor moral válido; essa e essa não”? Não, não existe tal manual nem nada parecido. Devemos considerar que Lot foi correto ao oferecer suas duas filhas para serem estupradas por toda a cidade de Sodoma, para proteger os anjos enviados por Deus, ou refletir e absorver como valores apenas os ensinamentos do Sermão da Montanha? Sem um manual explícito, sem um documento minimamente estruturado, como decidir? Não dá, né?
          Portanto, de onde vem a nossa moral? Ainda não sabemos. Não é exatamente uma ciência exata. Será uma vantagem evolutiva possuir empatia e colaborar com aqueles que você nem conhece? Estudar a evolução da moral na humanidade pode ser uma peça chave para melhor compreender por que temos tanta dificuldade em fazer com que essa evolução seja mais homogênea e eficaz. Talvez a resposta esteja em estudar nossos ancestrais macacos e demais espécies. Dois vídeo para sua reflexão:
          https://www.youtube.com/watch?v=FDRX2QQ_Xo8
          https://www.youtube.com/watch?v=wSK1yR_iJEs

          “Creio que somos bem mais que animais irracionais. Não podemos convidar nossos ‘primos’ (sic) macacos, pra falar sobre isso aqui.”
          A diferença é de quantidade não de qualidade. Somos animais cujo cérebro é maior e mais complexo que o cerébro de nossos primos primatas. Mas ainda e tão somente animais.

          “Se estamos aqui, é poque há um propósito e devemos agradecer a Deus (por isso somos boas criaturas criadas por um Deus bom), mas podemos fazer o que quiser de nossa vida pela livre-escolha.”
          Propósito? A resposta religiosa a essa pergunta depende de onde você está! Se você mora no Tibete ou na Tailândia, o Budismo ensina que estamos aqui para aprender a parar de sofrer e alcançar o nirvana. Se você mora no Iêmen ou na Arábia Saudita, o Islã ensina que estamos aqui para nos submetermos a Deus. Se vc mora no Ocidente, talvez acredite como William Craig que o propósito da vida humana não é a felicidade neste mundo, mas “conhecimento de Deus, que acabará por produzir verdadeira e duradoura felicidade.” Perguntamos qual o propósito da vida humana e as respostas são específicas conforme a localização? Que tipo de verdade depende da localização?

          Livre-escolha é um mito supervalorizado. Veja:
          https://rebeldiametafisica.wordpress.com/naturalismo/o-livre-arbitrio/
          https://www.youtube.com/watch?v=cthix070SA8
          https://www.youtube.com/watch?v=znDgWDVsfK0

          “por isso somos boas criaturas criadas por um Deus bom”
          “Eu não posso me convencer que um Deus benevolente e onipotente poderia ter criado um Ichneumonidae com a única intenção de suas larvas se alimentarem dos corpos de lagartas vivas, ou criado gatos para brincar com ratos” – Charles Darwin
          Vespas parasitas depositam seus ovos em larvas, estas carregam os vermes sem percebê-los, pois eles são meticulosos e não comem nenhum órgão vital da larva. Quando os ovos eclodem, elas comem seu hospedeiro vivo, deixando o cérebro por último. Viva, mas controlada pelo seu hospedeiro, ela ainda é forçada a defender o ninho dos parasitas ininterruptamente, deixando assim de se alimentar, e, finalmente, morrendo.
          https://youtu.be/c1tKtLbr_70

          “Não somos pura matéria. Se eu chutar uma cadeira, ela não reagirá porque é somente moléculas, mas se for em vc, será diferente!”
          Enrolou e não respondeu a pergunta, portanto vou repetir: Como uma alma interagiria com a matéria normal considerando a teoria quântica de campo?
          Para ajudá-lo na resposta, sugiro que leia o texto abaixo:
          http://ceticismoeciencia.blogspot.com.br/2014/05/fisica-e-imortalidade-da-alma.html

          • Cícero

            Enquanto isso, seu assassino, preso e condenado à morte, converte-se ao cristianismo na cadeia e ao ser executado vai direto para o céu.

            Sim, isso é possível! assim como a garota também teria tempo pra se arrepender e aceitar Jesus igualmente.

            considerando-se que a punição para os que morrem fora da fé cristã é uma eternidade de tormentos no inferno, e os bilhões de pessoas às quais jamais foi concedida a chance de serem “salvos” em virtude de terem nascido antes de Jesus, ou no interior da Améria do Sul, Central ou do Norte, ou na sia e Austrália, e jamais terem ouvido falar do evangelho

            Antes de Jesus na Ásia, a base era o VT dos judeus. E nos outros lugares seriam julgados sem a lei de Deus cfe. Rm 2:11-16:
            “Porque, para com Deus, não há acepção de pessoas. Porque todos os que sem lei pecaram, sem lei também perecerão; e todos os que sob a lei pecaram, pela lei serão julgados. Porque os que ouvem a lei não são justos diante de Deus, mas os que praticam a lei hão de ser justificados. Porque, quando os gentios, que não têm lei, fazem naturalmente as coisas que são da lei, não tendo eles lei, para si mesmos são lei; Os quais mostram a obra da lei escrita em seus corações, testificando juntamente a sua consciência, e os seus pensamentos, quer acusando-os, quer defendendo-os; No dia em que Deus há de julgar os segredos dos homens, por Jesus Cristo, segundo o meu evangelho.” Mais detalhes:
            http://vivendocristo2011.blogspot.com.br/2011/04/salvacao-para-aqueles-que-nunca-ouviram.html

            Hitler foi um instrumento de Deus. Assim como os europeus foram instrumentos de Deus para dizimar populações nativas

            Tanto Hitler como os europeus são culpados de assassinato, mesmo Hitler tendo cumprido uma profecia de auto-maldição dos próprios judeus.

            Os pirahãs não acreditam em Deus apesar do Calvino afirmou.

            Vc devia estudar mais sobre os pirahãs. Eles CREEM sim, desde que fisicamente! (o que é uma grande falácia deles, visto que eles creem no vento, na dor, na fome, sede, sons, feto, crescimento de árvores, animais, saudade etc coisas invisíveis, que o missionário fujão deveria usar de analogia/comparação em relação a Deus nos evangelismos iniciais).

            “Uma característica curiosa dessa tribo é o fato de seus membros não acreditarem em nada que eles não possam ver, sentir ou que não possa ser provado ou presenciado. Por esse motivo a tribo não acredita em espírito supremo ou divindade criadora, apenas em espíritos menores que às vezes tomam a forma de coisas no ambiente (devido a experiência pessoal de cada indivíduo),” – Wikipedia.

            Mesmo assim, Jesus está se revelando através de sonhos, visões, revelações principalmente em países fechados como os islâmicos. Ex: https://bibles4mideast.com/
            Quanto a moral, até os pirahãs concordariam que ninguém diz que a “justiça” ou “equidade” ou “bondade” ou “coragem” ou “caridade” não são valores virtuosos.
            “Todo mundo conhece certos princípios. Não existe uma terra onde o assassínio seja uma virtude e a gratidão seja um defeito”.C.S.Lewis.

            “Lida propriamente, a Bíblia é a força mais potente para o ateísmo jamais concebida”. Pois é. A Biblia (versão oficial de King James) é um dos livros mais sangrentos e imorais já publicados.

            Coitado desse tolo! inúmeros ateus, muçulmanos, budistas já se converteram lendo a Bíblia! pois demonstra a realidade da perfídia, pecado e maldade humanas em suas diversas épocas sem rodeios e a salvação providenciada por Deus através de seu Filho.
            Não é um livrinho de estórias bonitinhas com final sempre feliz, por isso é verídica e factual para nossos dias igualmente.

            Os diversos evangelhos, que frequentement e se contradizem, contém histórias recheadas de comportamentos absolutamente inimagináveis nos dias de hoje.

            Os Evangelhos são complementares, não é ‘Um Evangelho’, são quatro. E onde esse cara viu coisas inimagináveis? acaso viu Jesus e os apóstolos mandando cortar cabeças, queimar pessoas e estuprar e matar crianças, mulheres etc?

            “Abandone tudo, sua casa, amigos, e sua família, e venha me seguir”. Que papo é esse?

            Isso foi mais para o começo da Igreja Primitiva para quem assim desejasse servir melhor a Cristo. Não é um mandamento obrigatório, em jamais ter essas coisas e família. O sentido é mais de valor espiritual e deixar o apego aos bens terrestres.

            Sem falar no conceito do pecado original, onde toda humanidade é culpada pelo erro de Adão ao comer o fruto da árvore do conhecimento.

            Não culpe Adão, TODOS pecam. E todos precisam buscar o perdão e salvação em Jesus, por isso ele veio.

            Como este grande mestre moral explicou, o Inferno é um lago de fogo terrível onde todos aqueles que desobedecem a Deus irão quando morrerem, sofrerem e serão atormentados eternamente sem esperança de fuga.

            Exato, mas também ninguém é obrigado a ir pra lá, basta se converter e escolher pela vida eterna no céu! mas Deus não pode forçar ninguém a isso. Ele é justo.
            E Deus não pode destruir sua própria criação – anjos, humanos.
            O sofrimento eterno consciente é um eterno testemunho da liberdade e dignidade do homem e sua natureza como criatura moralmente livre.

            Deus prova seu amor respeitando a opção dessas pessoas e não eliminando-as. Um pai não deve matar seu filho que está sofrendo.
            Até ateus insistem em que a liberdade consciente é mais preferível que a aniquilação.
            Enquanto houver Deus e o mal, eles devem ficar separados um do outro.

            Ninguém no inferno terá desculpas e saberão conscientemente e plenamente o que fizeram e mereceram pra estar lá. O inferno seria apenas para os irrecuperáveis, impenitentes, irreversíveis, abomináveis que odiaram a Deus livre e intencionalmente.
            A justiça de Deus não é igual a nossa, que somos pecadores.
            O pecado contra o Deus eterno é um pecado eterno e exige castigo eterno.
            Os que escolhem não amar a Deus devem ter o direito de não amá-lo. Os que não desejam estar com ele devem ter permissão para ficar separados dele. O inferno permite essa separação. A presença divina no céu seria uma tortura para com o rejeitou irrecuperavelmente.

            Jonathan Edwards disse: ”Parece-te incrivel que Deus seja tão absolutamente negligente com o bem-estar do pecador, a ponto de mandá-lo para um abismo ou sofrimento infinito? Isso te choca? E não é chocante para ti que sejas tão absolutamente negligente como tem sido para com a honra e a glória do Deus infinito?”
            E Gerstner completa: “Não parece nem um pouco cruel da parte de Deus infligir sofrimento a criaturas extremamente cruéis e perversas.”

            Assim, já que os incrédulos querem ficar longe de Deus agora, certamente esse será o estado que passarão na eternidade. Deus é bom e justo e respeita nossas escolhas!

            Por acaso existe algum manual dizendo “essa é uma lenda ou parábola com ensinamento de valor moral válido; essa e essa não”? Não, não existe tal manual nem nada parecido.

            Quem se lê a Bíblia com coração sincero e aberto, o Espírito logo revela se é literal ou parábola tal passagem. Do contrário não haveria cada vez mais cristãos no mundo que a mídia mundial esconde.
            “E a unção que vós recebestes dele, fica em vós, e não tendes necessidade de que alguém vos ensine; mas, como a sua unção vos ensina todas as coisas, e é verdadeira, e não é mentira, como ela vos ensinou, assim nele permanecereis.” 1Jo 2:27.

            A diferença é de quantidade não de qualidade. Somos animais cujo cérebro é maior e mais complexo que o cerébro de nossos primos primatas. Mas ainda e tão somente animais.

            Podemos ser animais biologicamente, mas não racionalmente, moralmente, espiritualmente. Há um abismo de diferenças entre nós e eles: físico, moral, intelectual, racional, espiritual.
            Eles nem sabem quem são no mundo animal.

            “Eu não posso me convencer que um Deus benevolente e onipotente poderia ter criado um Ichneumonidae com a única intenção de suas larvas se alimentarem dos corpos de lagartas vivas ou criado gatos para brincar com ratos”

            Larvas, gatos e ratos nem sabem o que são e muito menos tem pensamentos/ideias/decisões de justiça/moral/eternidade, simplesmente agem assim naturalmente pelos seus instintos, e as leis da vida e sobrevivência aceitam sem reclamar. Tais vespas e larvas tem um grande propósito no equilibrio do ecossistema inseridos.
            É um grande erro de categoria nos comparar a eles nos temas tratados.

            Como uma alma interagiria com a matéria normal considerando a teoria quântica de campo?Para ajudá-lo na resposta, sugiro que leia o texto abaixo

            O texto já dá a resposta:
            Nota do Tradutor:
            * Teoria quântica de campos é utilizada para descrever campos de força (e interação entre partículas) nos níveis atômico e subatômico.

            Ou seja, esta teoria está limitada aos elementos físicos dos átomos. Mas os elementos da alma/espírito não se limitam a matéria, inclusive tem ação sobre ela e se refletem em nosso eu, caráter, personalidade, mas elementos químicos não tem vida em si mesmos.

            O sobrenatural não pode ser descrito pela limitada ciência, pois até em muitos eventos naturais a ciência desconhece. Ex. os cientistas dizem que na singularidade de um buraco negro as leis da física se anulam, o variável comportamento da luz, matéria e energia escura, antimatéria, buracos brancos, multiversos, cordas, mecânica quântica etc.
            Então por que o preconceito contra o espiritual-sobrenatural? Se a energia se transforma, por que a alma/espírito não continuariam após a morte do corpo físico?

            Propósito? A resposta religiosa a essa pergunta depende de onde você está!…

            Religiões institucioniais oficiais organizadas estereotipadas, não representam o verdadeiro Cristianismo. Ele é algo que ultrapassa esta vida.

            Pra pessoas que estão quase a beira da morte e deprimidas dizer a elas: “Bem, a pessoa morre e desaparece para sempre. O ateismo, porém, está a avançar já fomos a Lua e dentro em breve chegaremos a Marte”, ou “estamos contruindo uma sociedade ateista feliz”
            É um conforto muito frio, que consolação há nestas palavras? Falem porém a eles ou a suas famílias no amor dum Pai celestial e na esperança dos cristãos em viver eternamente com Ele no céu, e então verás a diferença.

            Jesus disse: “todo aquele que vive e cre em mim, nunca morrerá”.
            Na revolução russa alguns cristãos foram condenados a morrer afogados. Neste momento um deles exclamou: “Vamos para Deus! que diferença faz se for por terra ou mar.” Muitissimos foram deportados para sibéria a trabalhar como escravos até a morte. Estes cristãos não temiam a morte
            Mas vc dirá e daí? o que isso prova? e eu digo, e daí o que o ateísmo prova? Prefiro o exemplo desses mártires e tantos outros hoje.

            Os sinais proféticos estão se cumprindo. O Arrebatamento está próximo, Jesus está voltando! e seu nome já está escrito no Livro da Vida?

          • Ronaldo Alves

            “Sim, isso é possível! assim como a garota também teria tempo pra se arrepender e aceitar Jesus igualmente.”
            Como a garota teria tempo para se arrepender se ele foi raptada, estuprada e morta, seu Zé Mané?

            “Antes de Jesus na Ásia, a base era o VT dos judeus. E nos outros lugares seriam julgados sem a lei de Deus cfe. Rm 2:11-16”
            E conforme Marcos 16:16 – “Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado.”
            A bíblia é tão cheia de contradições que se pode provar o que quiser bastando escolher as partes adequadas. O debate calvinista-arminiano já dura mais de 400 anos e até agora ninguém chegou à uma conclusão.

            “Vc devia estudar mais sobre os pirahãs. Eles CREEM sim, desde que fisicamente!”
            Como vc mesmo transcreveu: “Por esse motivo a tribo NÃO ACREDITA EM ESPÍRITO SUPREMO OU DIVINDADE CRIADORA”. Além de teimoso também é cego? Calvino errou. Aceita que dói menos.

            “Mesmo assim, Jesus está se revelando através de sonhos, visões, revelações principalmente em países fechados como os islâmicos.”
            Jesus não está fazendo um bom trabalho porque o Islamismo é a religião que mais cresce no mundo. Além é claro, do crescimento do ateísmo e dos sem religião e do declínio do cristianismo.
            http://super.abril.com.br/historia/explosao-islamica/
            https://noticias.gospelprime.com.br/ateismo-cresce-mundo-aponta-pesquisa/
            http://www.cristianismohoje.com.br/materias/especial/ja-nao-cresce

            “Quanto a moral, até os pirahãs concordariam que ninguém diz que a “justiça” ou “equidade” ou “bondade” ou “coragem” ou “caridade” não são valores virtuosos.”
            “Todo mundo conhece certos princípios. Não existe uma terra onde o assassínio seja uma virtude e a gratidão seja um defeito”.C.S.Lewis.
            Talves porque certos valores tornem a vida em grupo possível. Uma sociedade que estimulasse o assassinato e a ingratidão, certamente se extinguiria. Evolução pura. Darwin 1 x 0 Deus. Hahahahaha.

            “Coitado desse tolo! inúmeros ateus, muçulmanos, budistas já se converteram lendo a Bíblia!”
            Pois é, Asimov é tolo, esperto é vc. Hahahahahaha…..Muita gente também se converteu lendo o Corão, ou a Torá, ou os ensinamentos de Buda, ou o Gita. E dai? Nada disso prova que deus existe, apenas que pessoas mudam de idéia.

            “E onde esse cara viu coisas inimagináveis? acaso viu Jesus e os apóstolos mandando cortar cabeças, queimar pessoas e estuprar e matar crianças, mulheres etc?”
            Vc reparou que Asimov refere-se à Bíblia? E que a Bíblia não é apenas o NT? E o NT não era tão inocente assim. Até Jesus tinha um lado escrotinho também. Às vezes não mostrava a menor misericórdia ( Lc 16: 22-29 ), chamou minorias raciais de cães (Mc 7: 24-29), endossa a execução legal de quem se divorcia e se casa novamente ( Mt 5: 31-32 , Mt 19: 3-10 ), de crianças que falam mal de seus pais ( Mc 7: 7-13 ) e, ( Mateus 5: 17-20 ), e de homens gays e mulheres estupradas. Sem contar que não apenas nunca condena a escravidão, mas que realmente a endossa como um modelo moral que Deus deve ser admirado por seguir ( Mt 18: 23-35 , Mt. 24: 44-51 , Mt. 25: 14-30 , Lc 17: 7-9 , Lc 12: 36-48 ).

            “Isso foi mais para o começo da Igreja Primitiva para quem assim desejasse servir melhor a Cristo. Não é um mandamento obrigatório, em jamais ter essas coisas e família. O sentido é mais de valor espiritual e deixar o apego aos bens terrestres.”
            E como vc sabe quando é um mandamento obrigatório quando não é? De acordo com sua conveniência? Como eu escrevi antes: “Por acaso existe algum manual dizendo “essa é uma lenda ou parábola com ensinamento de valor moral válido; essa e essa não”? Não, não existe tal manual nem nada parecido. Devemos considerar que Lot foi correto ao oferecer suas duas filhas para serem estupradas por toda a cidade de Sodoma, para proteger os anjos enviados por Deus, ou refletir e absorver como valores apenas os ensinamentos do Sermão da Montanha? Sem um manual explícito, sem um documento minimamente estruturado, como decidir?”

            “Não culpe Adão, TODOS pecam. E todos precisam buscar o perdão e salvação em Jesus, por isso ele veio.”
            Isso segundo o cristianismo. Judeus e muculmanos discordam com motivos. Mas como não existem evidências para apoiar nenhum lado, fica tudo na conversa mole.

            “Exato, mas também ninguém é obrigado a ir pra lá, basta se converter e escolher pela vida eterna no céu! mas Deus não pode forçar ninguém a isso. Ele é justo.”
            Isso segundo o cristianismo. Isso não é justiça, é sadismo. Como escrevi antes: “O inferno é de longe a pior idéia religiosa que os seres humanos já inventaram. Certamente, em termos da quantidade de crueldade que uma pessoa pode desejar infligir a outra, ela é, por definição, insuperável. Como disse Thomas Paine, a crença em um deus cruel torna um homem cruel , e muitas atrocidades religiosas cometidas através dos séculos podem, direta ou indiretamente, ser rastreadas até a crença no Inferno.”

            “Até ateus insistem em que a liberdade consciente é mais preferível que a aniquilação.”
            Liberdade consciente no inferno? Não obrigado. Na verdade, a não existência é melhor que o sofrimento eterno. O que me faz pensar: se Deus é onisciente, ele simplesmente saberia quem rejeitaria sua oferta de salvação antes mesmo que estas pessoas fossem criadas, e assim, antes de mais nada, poderia jamais criá-las, de modo que o “hotel inferno” nunca tivesse um hóspede sequer. Isso seria um ato de amor. Não causar sofrimento desnecessário. O resto é desculpa para o indefensável.

            “Quem se lê a Bíblia com coração sincero e aberto, o Espírito logo revela se é literal ou parábola tal passagem.”
            Deve ser por isso que existem tantas denominações cristãs diferentes.

            “Podemos ser animais biologicamente, mas não racionalmente, moralmente, espiritualmente. Há um abismo de diferenças entre nós e eles: físico, moral, intelectual, racional, espiritual. Eles nem sabem quem são no mundo animal.”
            Isso vc não pode provar. Diferenças racionais e morais advém de cérebros diferentes. Mais ou menos como a diferença racional e moral entre uma criança com cérebro no início de seu desenvolvimento, ou a diferença entre uma pessoa sadia e outra acometida por deficiências como Alzheimer ou retardo mental. Cerébros diferentes, raciocínio e moral diferente. Espiritual é por sua conta. Não existem evidências disso.

            “Larvas, gatos e ratos nem sabem o que são e muito menos tem pensamentos/ideias/decisões de justiça/moral/eternidade, simplesmente agem assim naturalmente pelos seus instintos, e as leis da vida e sobrevivência aceitam sem reclamar. Tais vespas e larvas tem um grande propósito no equilibrio do ecossistema inseridos.”
            Há no mínimo 250 milhões de anos presas de vespas sofrem desnecessariamente para que as espécies parasitóides consigam colocar uma nova geração no mundo. E afirmo que seu sofrimento é desnecessário não apenas porque um deus bondoso poderia magicamente fazer vespas que não necessitassem dos corpos alheios para a sobrevivencia de sua prole, mas porque essas possibilidades são reais e acontecem na maioria das espécies de vespas. Ou seja, não é biologicamente impossível fazer espécies de vespas não-parasitóides: elas existem. Mas por algum motivo um deus bondoso achou que seu plano perfeito só estaria completo com animais que parecem ter sido concebidos num pesadelo.

            “Ou seja, esta teoria está limitada aos elementos físicos dos átomos. Mas os elementos da alma/espírito não se limitam a matéria, inclusive tem ação sobre ela e se refletem em nosso eu, caráter, personalidade, mas elementos químicos não tem vida em si mesmos.”
            Vc não leu o texto né? As questões são estas: que tipo de energia espiritual é essa e como ela interage com nossos átomos comuns? Não é necessária uma nova física apenas, mas uma nova física bem diferente. De acordo com a teoria quântica de campos, uma coleção de “partículas espirituais” e “forças espirituais” que interagem com nossos átomos regulares não podem existir, porque teríamos detectado isso em experimentos existentes. A navalha de Ockham não está do seu lado aqui, já que você teria de postular um aspecto completamente novo da realidade obedecendo regras bem diferentes daquelas que já conhecemos. Se você acredita em uma alma imaterial que interage com nossos corpos, você precisa acreditar que a equação de Dirac, não está correta, até mesmo nas energias do dia a dia. Então, qualquer cientista respeitável que levasse a idéia de alma a sério estaria perguntando – que forma essa interação tem? É local no espaço-tempo? A alma respeita a invariância de gauge e invariância de Lorentz? A alma tem um [operador] Hamiltoniano? As interações preservam unitaridade e a conservação da informação?
            Ninguém faz essas perguntas em voz alta, possivelmente porque elas soam muito bobas. Quando você começa a fazer tais perguntas, você claramente se depara com uma escolha: ou jogue fora tudo que pensamos ter aprendido de física moderna ou desconfie da mistura de relatos religiosos/testemunhos não confiáveis/pensamento desejoso que faz as pessoas acreditarem na possibilidade de alma/espírito
            Não escolhemos teorias em um vácuo. Somos permitidos – na verdade, requisitados – a perguntar como que afirmações sobre como o mundo funciona se encaixam no que já sabemos sobre o funcionamento do mundo.

            “os cientistas dizem que na singularidade de um buraco negro as leis da física se anulam, o variável comportamento da luz, matéria e energia escura, antimatéria, buracos brancos, multiversos, cordas, mecânica quântica etc. Então por que o preconceito contra o espiritual-sobrenatural? Se a energia se transforma, por que a alma/espírito não continuariam após a morte do corpo físico?”
            Não é preconceito. É falta de evidência e contradição com tudo que sabemos sobre o universo. Releia a resposta anterior. Quem sabe vc começa a perceber porque.

            “Religiões institucioniais oficiais organizadas estereotipadas, não representam o verdadeiro Cristianismo. Ele é algo que ultrapassa esta vida.”
            Na sua opinião. Mas é apenas mais uma dentre milhares de outras religiões.

            “Pra pessoas que estão quase a beira da morte e deprimidas dizer a elas: “Bem, a pessoa morre e desaparece para sempre. O ateismo, porém, está a avançar já fomos a Lua e dentro em breve chegaremos a Marte”, ou “estamos contruindo uma sociedade ateista feliz”
            É um conforto muito frio, que consolação há nestas palavras? Falem porém a eles ou a suas famílias no amor dum Pai celestial e na esperança dos cristãos em viver eternamente com Ele no céu, e então verás a diferença.”
            Pode ser um consolo, mas continuaria sendo uma mentira. Mais ou menos como dizer:” Crianças sejam boazinhas senão ninguém ganha presentes de Papai Noel.” Funciona, mas é mentira.

            “Jesus disse: “todo aquele que vive e cre em mim, nunca morrerá” Na revolução russa alguns cristãos foram condenados a morrer afogados…Mas vc dirá e daí? o que isso prova? e eu digo, e daí o que o ateísmo prova? Prefiro o exemplo desses mártires e tantos outros hoje.”
            Ateísmo não pretende provar nada. É apenas descrença em deuses por falta de evidência. Vc pode preferir acreditar na mentira que quiser se isto te faz feliz. Só não pode querer obrigar a sociedade a compartilhar seus delírios.

            “Os sinais proféticos estão se cumprindo. O Arrebatamento está próximo, Jesus está voltando! e seu nome já está escrito no Livro da Vida?”
            O apocalipse cristão tem tanta chance de acontecer quanto o Ragnarök nórdico ou o fim de mundo dos maias. Ops, este falhou em 2012 né? Sinais proféticos e arrebatamento são mitos religiosos sem evidências. Se Jesus está voltando, pegou carona numa tartaruga.
            Suas respostas são todas previsíveis. Vc recusa evidências inegáveis e defende atitudes abomináveis em nome de seu fanatismo religioso. Nem percebe o quão estúpido e imoral se tornou. Se existe alguém que precisa de salvação, esse alguém certamente é vc. Infelizmente ainda não inventaram transplante de cérebro.
            http://geradormemes.com/media/created/f1iffp.jpg

  • Said Abou Ghaouche

    Toda pessoa nasce sem religião e sem fé. Logo vem o batismo ou a circuncisão, e logo aprendem a pensar e falar, e por efeito de mimetismo aprendem que o esforço de pensar pode ficar para os outros, basta replicar. Para os que creem em deus, que não é o meu caso, eu digo que deus só existe em função da religião, e não o contrário. E a religião é uma obra humana, logo, deus é uma invenção intelectual, humana. Não existe relatos de religião na pré-história (talvez superstições), ela surge com a civilização e com a escrita. O homem primitivo certamente tinha seus medos, pois vivia em situação muito mais vulnerável que o homem civilizado. E mesmo o homem civilizado do nosso tempo tem seus medos, pois a realidade muda e as ameaças mudam de nome. No mundo real, despido de todas as fantasias, deus não existe. O que existe são livros, ditos sagrados, que são uma fonte inesgotável de fantasias e absurdos. A biblia contém tantas fantasias que seria um trabalho árduo inumera-las. A criação do mundo em sete dias deixou de lado os dinossauros. Eles existiram milhões de anos antes do surgimento do homem. Um crente mais radical irá dizer que eles nunca existiram, mesmo diante de um fóssil. Ou então partirá para a racionalização, dizendo que a criação do mundo é uma alegoria simplificante. Diz ainda a bíblia, que deus fez o homem à sua imagem e semelhança, logo deus possui todos os vícios e imperfeições que o homem possui, já que são semelhantes entre si. Logo invoca-se o apelo à alegoria ao invés da razão, para explicar a contradição. Para alguém muito apegado à realidade, é difícil aceitar esses argumentos religiosos. Aí o crente radical diz que essa realidade em que vivemos não é a realidade, pois há outras realidades que são o inferno e o paraíso. Eu não quero ser prolixo, então vou resumir todas as fantasias religiosas: deus, gênesis, anjos, profetas, mensageiros, céu, paraíso, imaculada conceição, vida após a morte e outras. A realidade nua e crua contesta tudo isso. Se você crê é porque tem medos. É melhor aprender a supera-los, e aceitar a realidade como ela é, esse é o primeiro passo para transforma-la em algo melhor. O homem que sabe que só se vive uma vez e que o tempo é curto, procura dar mais valor a sua existência. Depois que superar os medos, e o maior deles é o medo da morte, vem um grande conforto. Você se adequa à realidade, deixa de pensar nas fantasias, observa melhor a realidade, analisa melhor o mundo em que vive, enxerga tudo de outra maneira, não dá mais atenção ao pensamento religioso e muda o seu modo de pensar. A sua curiosidade se transforma. Enquanto o crente foca sua curiosidade em coisas irreais e inexistentes, o ateu volta sua curiosidade para outras coisas. Mas também devo admitir que a solidão não é um medo, mas também precisa ser superada para alcançar este estado de conforto, pois ser ateu é ser solitário, a minoria entre as minorias. Não é para qualquer um. Eu costumo pensar que a vida é uma sequencia de crises e cada crise é uma oportunidade para evoluir. Religião não é um bom paradigma de moralidade. Quanto mais crescem as igrejas e a quantidade de fiéis, mais imoralidade me parece existir. Pessoas deixam de creditar e reforçar a justiça institucional porque creem na justiça divina. Isso, desacreditar a justiça institucional, é muito ruim e não muda a realidade para melhor. Outras deixam de se tratar pela medicina porque creem que a mão de deus irá cura-las. Outras aceitam levar vida miserável e sofrida porque acreditam que irão viver eternamente no paraíso depois da morte. Enfim, eu tenho muitas críticas a religião. É um círculo vicioso: a religião ajuda a criar o ambiente miserável em que as pessoas se sentem vulneráveis e submetidas ao sofrimento, incentivam as pessoas a aceitarem essa realidade e se conformarem, prometendo em vão o paraíso aos que aceitam e condenando ao inferno os que não aceitam. Mas ela existe e vai continuar existindo, pois é útil aos poderosos, e este é seu único valor. Promover a moral não depende de crentes encantados mas de pessoas conscientes e engajadas com a realidade.

    • Cícero

      Caro Said, respondo algumas questões de seu texto, mas não todas, senão daria um jornal e isso seria inviável.

      Toda pessoa nasce sem religião e sem fé

      Não é o que diz este estudo:
      http://www.telegraph.co.uk/news/religion/3512686/Children-are-born-believers-in-God-academic-claims.html

      Para os que creem em deus, que não é o meu caso, eu digo que deus só existe em função da religião, e não o contrário,

      Não, as obras do incrível universo e natureza real a nossa volta, e nossa consciência já são fortes testemunhos de um Criador Causador Inteligente Existencial.

      No mundo real, despido de todas as fantasias, deus não existe.

      E como se prova isso? na verdade, a maior prova vem dos ateus em seu ardor, esforço, luta e militância em negar, já é evidência de Sua Existência! Por que não tentam provar a inexistência de odin, thor, sereias, zeus, unicornios, papai noel? Mas quando se trata do Deus-Bíblico, então a luta é ferrenha e dura como se vê em sites, blogs, debates, ideologias, movimentos etc. Logo, não existem ateus descrentes, pois sua CRENÇA no Deus Yahweh é clara e evidente!

      O que existe são livros, ditos sagrados, que são uma fonte inesgotável de fantasias e absurdos. A biblia contém tantas fantasias que seria um trabalho árduo inumera-las

      Sua interpretação. Se a Bíblia, Jesus, NT fossem apenas um livro qualquer do passado ou mitos, já teriam esquecido a tempo. Mas é o Livro mais amado, lido, vendido, praticado, odiado e perseguido do mundo. Esta singularidade já é evidência de sua veracidade, além de inúmeras confirmações arqueológicas, paleontológicas, geológicas, científicas e históricas de muitos de seus eventos e personagens!

      A criação do mundo em sete dias deixou de lado os dinossauros. Eles existiram milhões de anos antes do surgimento do homem.

      Foi em seis dias. E já são várias descobertas de fósseis de dinossauros apresentando ainda tecidos moles orgânicos! que segundo a ciência, jamais poderiam durar os mitológicos “milhões” de anos, mas no máximo milhares de anos.
      Há inúmeras evidências sobre a coexistência de dinossauros e dragões (répteis alados) e humanos em ambientes próximos: Uma infinidade de objetos, jarros, vasos, gravuras, pinturas, esculturas, e cavernas comprovadamente antigos mostrando esses seres. O que vc deduz? intrigante não? Será que era pura imaginação ou CRENÇA deles pintarem esses seres? Certamente os viram. Veja:
      https://darwinismo.wordpress.com/2015/07/22/evidencias-historicas-da-coexistencia-entre-humanos-e-dinossauros/
      http://www.genesispark.com/genpark/ancient/ancient.htm,

      O evolucionista Samuel Hubbard diz:
      “O fato de algum homem pré-histórico ter feito um petróglifo de um dinossauro nas paredes deste canyon PERTURBA completamente todas as nossas teorias relativamente à antiguidade do ser humano…”
      “O fato de o animal estar em pé e apoiado na sua cauda parece sugerir que o artista pré-histórico deve ter visto um vivo”.

      Diz ainda a bíblia, que deus fez o homem à sua imagem e semelhança, logo deus possui todos os vícios e imperfeições que o homem possui, já que são semelhantes entre si.

      Deus é perfeito e criou criaturas perfeitas mas que se tornaram imperfeitas e más, devido as suas escolhas conscientes pelo livre arbítrio sofrendo as consequências dessas escolhas. Dar liberdade (não somos escravos de Deus) à suas criaturas é uma das caracteristicas dessa Perfeição.

      pois há outras realidades que são o inferno e o paraíso.

      Novamente, como se prova que inexistem? Jesus falou muito sobre esses dois lugares, então ele estaria mentindo? e TODOS os sinais, prodígios, maravilhas, curas, milagres efetuados até hoje em Seu Nome são falsos/mentiras??? Vc responde por todas essas pessoas desde a época de Cristo até hoje???

      É melhor aprender a supera-los, e aceitar a realidade como ela é, esse é o primeiro passo para transforma-la em algo melhor.

      Os cristãos não negam a realidade dura e factual hoje, pelo contrário, e justamente Cristo veio para transformar as pessoas em todas as áreas de suas vidas.

      O homem que sabe que só se vive uma vez e que o tempo é curto, procura dar mais valor a sua existência.

      Somos eternos assim como Deus é, criados à Sua imagem e semelhança.

      Enquanto o crente foca sua curiosidade em coisas irreais e inexistentes, o ateu volta s ua curiosidade para outras coisas.

      Vc está bem equivocado. Não é somente fé, mas a lógica, a razão, os fatos, as evidências são elementos fundamentais na construção da fé cristã. Inclusive a Escritura atesta isso, não cremos cegamente num deus obscuro longinquo imperceptível inanimado.

      Mas também devo admitir que a solidão não é um medo, mas também precisa ser superada para alcançar este estado de conforto, pois ser ateu é ser solitário, a minoria entre as minorias.

      Por isso não tenho fé suficiente pra ser ateu.
      Na verdade, essa necessidade existencial de sentido ao homem, é tão forte que até em ateus de forma desconcertante ela é manifesta.
      Ateus do calibre de Sartre confessaram experiências religiosas que tiveram antes de dispensar Deus de suas vidas:

      “Tive muito mais dificuldade para me livrar dele, pois havia se instalado no meu subconsciente… Prendi o Espírito Santo no porão e o lancei fora; o ateísmo é um caso de amor cruel e duradouro; acredito que o levei às últimas consquências” (As palavras p.252-3).
      Sartre chegou a dizer: “Preciso de Deus. Busquei minha religião, ansiei por ela, pois era remédio. Se me tivesse sido negada, eu mesmo a inventaria”(ibid).
      Outro ateu francês de destaque Albert Camus disse: “para quem está sozinho, sem Deus e sem um mestre, o peso dos dias é terrível” (A Queda p.133).

      Até mesmo o ícone do ateísmo hoje, B. Russel não ficou de fora:
      “Mesmo quando uma pessoa se sente muito próxima de outras pessoas, alguma coisa nela parece pertencer obstinadamente a Deus e recusa-se a entrar numa comunhão terrena; pelo menos é assim que eu deveria expressar isso, se acreditasse em Deus. É estranho, não é? Importo-me profundamente com este mundo e com muitas coisas e pessoas nele, mas …para que? Deve existir algo mais importante, alguém diria, apesar de eu não acreditar que exista”. (Autobiography, p.125).

      Outras deixam de se tratar pela medicina porque creem que a mão de deus irá cura-las

      Deus nem sempre cura, por isso deixou inteligência para o homem como profetizado em Dn 12:4.

      É um círculo vicioso: a religião ajuda a criar o ambiente miserável em que as pessoas se sentem vulneráveis e submetidas ao sofrimento, incentivam as pessoas a aceitarem essa realidade e se conformarem, prometendo em vão o paraíso aos que aceitam e condenando ao inferno os que não aceitam

      Concordo, religiões não mudam pessoas e podem até piorar! mas Cristo é diferente, é transformação radical, é nova vida, ele veio justamente para quebrar o paradigma religioso judaico. Foram justamente os religiosos da época que mais combatiam a Jesus!

      • Said Abou Ghaouche

        Caro Cícero, bebês vem ao mundo livres de qualquer interferência intelectual. Na medida em que vão crescendo, adquirem a capacidade de pensar e falar. Adquirem. Não é uma faculdade congênita. Quando o Dr. Justin conseguir provar que bebês saem do útero sabendo que deus existe talvez eu leve em consideração. Mas o fato de que crianças de quatro ou mais anos são capazes de produzir e reproduzir ideias sobre o tema não me desperta interesse, pois certamente já tiveram contato com o termo em alguma interação. E o experimento proposto é imoral e jamais seria levado a cabo por cientistas sérios e respeitáveis, por isso não passa de uma hipótese improvável.

        O “Criador Causador Inteligente Existencial” que você afirma existir, eu também já defendi mas abandonei essa hipótese. Eu partia da premissa que o universo havia sido criado, logo existia um criador. Simples demais. E quanto ao “criador”, quem o criou? Ele se criou do nada? Se admitirmos essa hipótese, porque não admitir também que o universo se criou do nada? Porque haveria a necessidade de um ser sobrenatural para iniciar o universo? Se ele, o “criador” se criou do nada, de onde veio sua inteligência? E o que existia antes? Outro universo? E se formos nos aprofundar mais, porque acreditar que só há um universo? São questões muito complexas que não podem ser respondidas nem pela religião, nem pela ciência nem pela filosofia. São três formas diferentes de pensar, e a religião (teologia) é a mais inflexível.

        Negar a existência do criador já é evidência de Sua Existência? Por analogia, se eu negar que o coelhinho da páscoa existe já é evidência que ele existe? Não, tem algo de errado na conclusão. Dizer que ele existe porque existe é tautologia. Dizer que: (1) ele existe, (2) o ateu nega sua existência, (3) logo ele existe porque o ateu nega sua existência é um argumento inválido porque as premissas são contraditórias (a segunda nega a primeira) e a conclusão está errada. Odin, thor, sereias, zeus, unicornios, papai noel, coelho da páscoa e saci-pererê são figuras folclóricas, deixemos para lá porque não faz sentido a comparação. Deus yahweh é um outro deus qualquer, e eu nego qualquer deus, não importa a religião. Coisas sobrenaturais são frutos da imaginação e a religião é um controle social.

        Livros e mitos do passado ainda existem. Ilíada e Odisséia ainda são estudados em muitas escolas, e várias mitologias anteriores ao NT também. Não foram esquecidos. A torá, a bíblia e o corão são livros propagados compulsoriamente pelas religiões. Fazem parte do culto, o que explica porque vendem muito e são lidos por milhões de pessoas, mas isso não prova sua veracidade. Na verdade só se tornaram populares depois que Gutemberg inventou a imprensa e as populações foram alfabetizadas. Eventos e personagens podem ter existido, não duvido disso. Mas o que se escreveu corresponde à realidade daquela época? O que garante que não houve acréscimos e decréscimos. Os governantes não teriam interesse em adequa-los, já que na época a religião tinha força de lei?

        Com relação a dragões e dinossauros. Dragões são figuras presentes até hoje nas culturas orientais. Na cultura ocidental temos São Jorge e o dragão. E temos até um exemplo vivo, que é o dragão de komodo que na verdade é um lagarto gigante. Temos aqui no Brasil o tatu, que possui pele escamada, que lembra um pouco um dragão. Dragões alados que cospem fogo pertencem ao campo das lendas. Nenhum dos livros sagrados citam dragões e se criacionistas levam tão a sério sua existência deveriam estar desesperadamente a procura de um fóssil. Já os dinossauros eram animais que não passariam despercebidos, então é curioso que não sejam citados nos textos. Me parece que criacionistas reajem a cada provocação, saindo em busca de respostas quando são questionados.

        Se deus é perfeito e criou criaturas perfeitas, elas não poderiam estar sujeitas à degradação, pois a perfeição é um atributo categórico. E sendo ele perfeito e onisciente, porque haveria de dar ao homem o livre arbítrio sabendo de antemão que fariam mau uso? As crianças que nascem nas ruas e recebem poucas oportunidades na vida farão bom ou mau uso do livre arbítrio? É claro que temos exemplos de pessoas que superam as adversidades, mas não é essa a regra.

        Provar que inferno ou paraíso existem ou não acaba caindo na mesma situação já discutida em relação a existência ou não de deus. Que Jesus existiu eu não duvido. Que ele tenha falado de inferno e paraíso também não, pois ele era judeu, e judeus acreditam em deus, céu e inferno. Com relação ao resto, posso discordar e não aceitar, mas respeito, ainda que minhas opiniões sejam contrárias e chocantes. Faz parte do debate.

        A religião tem um papel importante na sociedade como freio moral. Mas entre benefícios e malefícios, eu preferia viver numa sociedade esclarecida. Infelizmente me parece que estamos indo na direção oposta. As mensagens que as igrejas populistas passam são distorcidas demais. Eu me preocupo muito quando vejo o avanço da religião no campo político. O que acontece no oriente médio é deplorável e devemos evitar cair em situações parecidas. Me preocupa a capacidade financeira que algumas igrejas possuem, e que juntando com a capacidade de controlar seus fiéis, pode levar a formação de milícias armadas e a conflitos armados.

        Eu não me importo que as pessoas creiam em deus, isso não me afeta. Eu tenho um filho e quero que ele seja livre para decidir sobre essa questão, e o que ele decidir eu aceitarei e respeitarei. Eu não sou de sair por ai militando a favor do ateísmo, mas expresso minha opinião, por mais duro que isso seja para mim. Com relação aos ateus célebres que você citou, posso dizer que passei por minhas próprias experiências. Minha mãe era cristã e meu pai era muçulmano e pude conhecer os dois lados. Cheguei à conclusão que não poderia me submeter ao controle de nenhuma das duas. Eu passei a acreditar apenas em deus, fora da religião. Pela experiência cheguei à conclusão que deus não existe fora da religião, assim me tornei um ateu.

        Hoje em dias eu presto atenção nas fantasias que vão além da religião. Por exemplo, fantasias científicas. Pessoas falam em conquistar o espaço e colonizar outros planetas. As distâncias astronômicas são grandes demais para viabilizar tais fantasias. E por incrível que pareça, existem pessoas que acreditam em deus e também acreditam que existe vida inteligente em outros planetas, contrariando a religião, que diz que o milagre da vida só ocorreu neste planeta e em nenhum outro. São contradições da nossa época que vem para reafirmar minhas opiniões.

        • Cícero

          Said – Mas o fato de que crianças de quatro ou mais anos são capazes de produzir e reproduzir ideias sobre o tema não me desperta interesse, pois certamente já tiveram contato com o termo em alguma interação

          Vc não leu direito o texto:
          “Ele diz que as crianças têm fé, mesmo quando não foram ensinadas sobre isso por família ou na escola, e argumenta que mesmo aqueles levantados sozinhos em uma ilha deserta viria a acreditar em Deus.”
          “O Dr. Barrett alegou que antropólogos descobriram que em algumas culturas as crianças acreditam em Deus mesmo quando os ensinamentos religiosos são retidos.”

          Eu partia da premissa que o universo havia sido criado, logo existia um criador. Simples demais. E quanto ao “criador”, quem o criou?

          O nada não pode gerar algo, porque nem existe!
          A Bíblia e a Ciência, ensinam que o Universo teve um começo; pois ele não poderia ser infinito, mas está se desgastando, ou seja, diminuindo sua energia utilizável, cfe. a 2ª Lei da Termodinâmica, com a diminuição na formação de estrelas, assim como o desgaste na Terra e Sol, expansão das galáxias, eco de radiação, efeito Doppler e massa de matéria associada ao Big-Bang mostram que houve um INÍCIO pra tudo!
          Início que requer uma Causa Inteligente Ordenadora com suas mais de 100 leis e constantes físicas que não poderiam formar-se aos poucos; já que não se modificam e sob pena de nada existir ou seríamos uma eterna sopa de gases, poeira e radiação.

          O Criador (Deus) e o mundo estão em duas categorias diferentes. O universo precisa de uma causa é dependente, contingente, possui seres e coisas criados de um Começo.
          Pelo princípio da causalidade entendemos que se refere a tudo que venha a existir; a coisas limitadas, finitas, contingentes que requerem um INÍCIO como nosso universo.

          Deus não veio a nascer, existir, ninguém fez Deus. Ele não é feito. Como ser eterno, Deus não tem um começo e, assim, ele não precisou de uma causa, podemos representá-lo como um círculo sem começo sem fim, ilimitado, infinito, indescritível, incognoscível. Deus diz nas Escrituras: “Eu sou” (sendo incriado incausado).

          Se ateus alegam que o universo é eterno, então Deus também é! Mas o big-bang prova que houve um Início Causado Inteligente para o universo. É ridículo dizer que tudo tem uma causa exceto o universo.

          Negar a existência do criador já é evidência de Sua Existência? Por analogia, se eu negar que o coelhinho da páscoa existe já é evidência que ele existe?

          Vc pos o coelhinho na mesma categoria de odin, thor, sereias, zeus, unicornios, papai noel, “coelho da páscoa”!
          É sua falácia “Ad-hoc” e erro de categoria ao querer comparar seres mitológicos, que já sabemos serem 100% inexistentes, criados pela mente humana.
          Mas como podes afirmar que o Deus-Bíblico também é? Como provas? Tu afirmas sem mostrar evidências. Falácia da ignorância. A Causa Primeira ou Criador Incausado é Auto-Manifestado, Auto-existente, atemporal, imaterial,Ilimitado, Necessário, Inteligente, Infinito, Incognoscível, Projetista do Universo: do nada ao tudo. Está no campo metafísico, transcendental e está fora do universo físico-temporal-espacial-cognitivo.

          Pergunto: Quem deu origem ao Universo e suas Leis? Quem formou os elementos do Big-Bang? e depois ordenou tudo finamente!

          Robert Jastrow fundador do Instituto Goddard da NASA disse:
          “Agora vemos como a evidência astronômica leva a uma visão bíblica da origem do mundo. Os detalhes divergem, mas os elementos essenciais presentes tanto nos relatos astronômicos quanto na narração do Gênesis são os mesmos: a cadeia de fatos que culminou com o homem começou repentinamente e num momento preciso no tempo, num flash de luz e energia.”

          Coisas sobrenaturais são frutos da imaginação

          Milagres sobrenaturais operados por Cristo ocorrem diariamente no mundo. Pesquise! dirás haa… são falsos! e como provas que TODOS seriam falsos???

          Ilíada e Odisséia ainda são estudados em muitas escolas, e várias mitologias anteriores ao NT também

          Mas estes não operam as transformações radicais nas pessoas em inúmeros benefícios.

          A torá, a bíblia e o corão são livros propagados compulsoriamente pelas religiões.

          O Messias Salvador Jesus foi predito pela Torá e interessante que até o Corão diz que Jesus fazia milagres, mas Maomé não!

          Nenhum dos livros sagrados citam dragões e se criacionistas levam tão a sério sua existência deveriam estar desesperadamente a procura de um fóssil.

          O homem conviveu com dinossauros. Na Bíblia há registros deles (obviamente não com este nome, que surgiu bem depois da compilação da Escritura) por ex.
          Jó 40:17 “Endurece a sua cauda como CEDRO; os tendões das suas coxas estão entretecidos”. Não poderia ser um hipopótamo ou elefante que não possuem a cauda grossa como o tronco do cedro. O resto do texto descreve um animal imponente!
          Além de Jó há registros de dinossauros em Isaías, Salmos, Neemias,
          Em Is 30:6 a “serpente voadora” por que não poderia ser um pterodon ou um pterodáctilo?

          Temos o relato de dragões(répteis alados) de pessoas como: Marco Pólo, Alexandre o Grande, historiadores como Josefo e Heródoto, reis chineses e assírios. Então todos estariam mentindo? Mas qual propósito? Por que hoje sabemos pelos fósseis que foram seres reais e não mitológicos! então pintaram dinossauros/dragões por pura imaginação e depois sabemos que acertaram incrivelmente??!! obviamente a mídia não divulga essas coisas!
          http://www.genesispark.com/exhibits/evidence/historical/dragons/

          Até o ateu Carl Sagan escreveu: “A difusão de mitos de dragões nas lendas de muitas culturas provavelmente não é um acidente” (Sagan, Carl, The Dragons of Eden, New York: Random House, 1977, p. 149).

          E sendo ele perfeito e onisciente, porque haveria de dar ao homem o livre arbítrio sabendo de antemão que fariam mau uso?

          Porque não somos escravos, Deus nunca quis isso. Vcs dizem: Bem… mas Deus sendo onisciente já saberia dos atos maus e terríveis de muitíssimos homens no mundo que Ele criou; portanto Deus é o culpado!!… sim é mais fácil e cômodo culpar a Deus por nossas escolhas ruins e pecados certo!
          Mas o fato de Deus saber o futuro não muda em nada o fato dos seres humanos o construírem, e construírem a partir do livre-arbítrio que eles possuem. O que o homem se tornou foi o que ele escolheu.
          O SABER de Deus não implica falta de responsabilidade do homem. Se fosse assim, poderíamos culpar a Deus por tudo de mal e ruim que os homens (eles) FAZEM neste mundo.
          Ou será que alguém aqui em sã moral, ética, justiça, razão, condenaria a prisão os pais de um filho de 20 anos maduro e consciente, por seus terríveis e cruéis crimes??? quem é o réu???
          É bom lembrar que a base de Deus é dupla: amor, bondade, perdão, mas também é juízo, justiça, verdade.

          “Nós não fomos cria­dos para a morte, mas morremos por nossa própria culpa. A liberdade nos deixou; nós que éramos livres, nos tor­namos escravos; fomos vendidos pelo pecado. Deus não fez nada mau; fomos nós que produzimos a maldade; nós que a produzimos, porém somos também capazes de recusá-la” (Taciano, Diálogo com os Gregos, Cap.11).

          Provar que inferno ou paraíso existem ou não acaba caindo na mesma situ ação já discutida em relação a existência ou não de deus.

          Negar algo por puro desejo, não faz dele inexistente… se existe o paraíso-céu existe o inferno e trevas também.

          A religião tem um papel importante na sociedade como freio moral.

          Sim, mas até o Cristianismo pode ser usado indevidamente pra interesses escusos e gananciosos.

          O que acontece no oriente médio é deplorável e devemo s evitar cair em situações parecidas.

          É devido ao islâmismo opressor escravizante que prega a morte dos não-islâmicos cfe. recomenda Corão, por isso a cada 6 minutos um cristão morre no mundo! e o ocidente não se importa muito… mas logo estará batendo nas portas aqui essa religião diabólica.

          Pela experiência cheguei à conclusão que deus não existe fora da religião, assim me tornei um ateu.

          Mas a própria idéia de Deus não nos seria possível se Ele não existisse para infundi-la em nossa mente, mas podemos negá-lo ou aceitá-lo (é a livre-escolha que Ele nos deu), porém só o homem possui esta capacidade reflexiva entre os animais. Esta é a imagem e semelhança de Deus em nós.
          Macacos não sabem que são macacos e nem golfinhos e abelhas sabem quem são.
          Somos à imagem e semelhança de Deus (moral, espiritual) portanto, somos eternos. Esta qualidade metafísica é exclusiva de nós.
          Mas devemos decidir onde passar essa eternidade. Longe de Deus ou com Ele.
          Haverá muito o que fazer no céu. Deus é infinito.
          “Se esperamos em Cristo só nesta vida, somos os mais infelizes de todos os homens.” 1Co 15:19.

          A afirmação dos céticos: “Deus não existe” apresenta uma crença, uma declaração de fé q requer evidências; sendo o ônus da prova de qualquer um que faça uma alegação, neste caso a fé ateísta, em que ACREDITAM na inexistência de Deus.

          E por incrível que pareça, existem pessoas que acreditam em deus e também acreditam que existe vida inteligente em outros planetas,

          Certamente não há vida complexa como a nossa aqui, mas creio que os tais ETs sejam demônios disfarçados no espaço.
          http://apocalink.com.br/?p=7183

          Sds.

    • AntonioOrlando

      Said

      O que é realidade? A sua “realidade” é plena de factoides e estereótipos sobre o que seja ser religioso ou cristão. Cite uma sociedade humana que não tenha crenças? Até o comunismo soviético se enquadraria, em grande medida, na categoria de uma religião de culto a Marx. Ou Dawkins não um fiel discipulo/apostolo de Darwin? No entanto, há muito de fé no neo darwinismo: Quais são as evidências para o surgimento da vida no planeta que os neo darwinistas apresentam? O próprio Dawkins diz que são apenas especulações (as teorias sobre origem da vida) pois ninguém estava lá para ver. Isso não seria a fé embasando a ciência?

      Prezado Said, por que existe alguma coisa ao invés de não existir nada?
      O que é mundo real?

      • Ronaldo Alves

        E a sua “realidade” é plena de factoides e estereótipos sobre o que seja neo darwinismo, que não nada a ver com a origem da vida e sim com a origem das espécies, DEPOIS que a vida surge (como ela surgiu é indiferente: ET’s avançados, síntese química, criação divina, não importa. O que se sabe é que uma vez que existe vida ela evolui conforme os mecanismos propostos pela Teoria da Evolução) As especulações sobre a origem da vida apesar de tudo já avançaram o bastante para descartar qualquer intervenção sobrenatural no processo. Achar que “não foi observado” é um bom argumento indica apenas uma incompreensão da ciência em geral. Se a ideia de que “a evidência científica tem que ser tanto observável quanto repetível” for levada até suas últimas consequências, ela destrói não só o estudo da evolução, mas todas linhas de pesquisas sobre o passado. Seremos proibidos de explorar a maior parte dos assuntos que não podem ser trazidos para um laboratório ou recriados em um, seja por causa do tamanho (a composição e origem das estrelas, por exemplo) ou pequenos (como a recriação forense de uma cena de crime). Todas as ciências frequentemente se baseiam em evidências indiretas. Os físicos não conseguem ver as partículas subatômicas diretamente, por exemplo, de modo que verificam sua existência observando pistas que as partículas deixam em câmaras de nuvens. A ausência de observação direta não torna as conclusões dos físicos menos certas. O resto de seu comentário é filosofice inútil. Existir alguma coisa ao invés de nada, não implica necessariamente na existência de um criador. Pense ao contrário: Por que deveria existir o nada ao invés de alguma coisa?

        • AntonioOrlando

          Qual a diferença entre origem das espécies e origem da vida? Uma coisa não existe sem a outra. Saber como a vida surge é fundamental, sobretudo, por quê, ela, vida, surgiu. Ou será que a organização da estrutura de um prédio (quantos andares etc) independe da qualidade e profundidade de suas fundações e/ou alicerces? Não há nada conclusivo, descoberto pela ciência, que esgote o questionamento a respeito da origem da vida.

          A existência de alguma coisa implica algo teleológico, isto é há um proposito. Logo..

          • Ronaldo Alves

            Qual a diferença entre origem da vida e origem do universo? Uma coisa também não existe sem a outra. Temos que entender de cosmologia para pesquisar a origem das espécies? Teoria da Evolução, teorias sobre a origem da vida e a teoria do Big Bang são teorias que nada dizem respeito uma às outras. Se tratam de teorias distintas e pesquisadores de uma delas não necessariamente precisam ter conhecimentos avançados sobre as outras. Para a teoria da Evolução a origem da vida na Terra é indiferente: ET’s avançados, síntese química, panspermia cósmica, criação divina, não importa. A teoria da evolução explica a origem da diversidade biológica, só isso. Não procure pelo em ovo.
            Teleologia? Explicação pela finalidade? Como o pato precisa nadar, tem pés com membranas, certo?
            ERRADO! Essa idéia marcou fortemente a ciência grega dos tempos de Aristóteles, mas foi superada pelo advento da ciência moderna, sobretudo com Charles Darwin. Hoje entende-se que que o pato não tem pés com membranas para poder nadar. Ele nada porque tem pés com membrana. A ciência interessa-se pelo “como” não pelo “porquê”. Atualize-se. A escolástica saiu de moda por volta do século XVII com o nascimento da filosofia moderna, que traria pensadores e cientistas como Galileu e Descartes.
            E não confunda motivo com causa. Quando falamos Motivo da idéia de ato realizado por pessoa, quando falamos causa da idéia de pessoa ou não.
            Ex: o incêndio foi causado pelo fogo
            Ex: o incêndio foi motivado pelo fogo (estranho né)
            Ex: o incêndio foi motivado por interesses pessoais.
            E mesmo quanto à causas, existem fenômenos como decaimento radioativo que acontece sem ter uma causa e também não existe uma causa para átomos excitados emitirem luz. Só estes dois tipos de eventos já consistem numa grande fração de todos os eventos que ocorrem com os constituintes fundamentais do Universo: campo, matéria e radiação. Isto significa que o fato de um evento ser efeito de uma causa é uma particularidade de certos eventos, mas não de todos. Causa não é uma necessidade. Pode haver ou não.

          • AntonioOrlando

            Ronaldo

            Um grupo de ateus e religiosos, de repente se viram dentro de um ônibus. Os ateus tentavam entender como o ônibus funcionava e até tentaram fazer um inventário das peças. Os religiosos, por outro lado, queriam entender porquê estavam dentro do ônibus, o destino do mesmo e, sobretudo, quem o dirigia.

          • Ronaldo Alves

            Por que um ônibus? As evidências apontam mais para um grupo de ateus e religiosos vendo-se de repente agarrados a um tronco de árvore que flutua num rio turbulento em direção ao que parece ser uma cachoeira. Pesquisas atuais em cosmologia indicam 3 hipóteses mais aceitas atualmente para explicar o que pode acontecer no fim do universo: o Big Rip (Grande Ruptura), o Big Freeze (Grande Congelamento) e o Big Crunch (Grande Colapso).
            1) Grande Ruptura
            Você deve saber que nosso universo está expandindo. Por enquanto, no entanto, as galáxias não estão se afastando muito umas das outras como resultado dessa expansão porque a gravidade mantém os objetos espaciais juntos. No cenário do Big Rip, a aceleração da expansão é tanta que a gravidade já não consegue mais manter tudo junto. O resultado é uma grande ruptura e o dilaceramento do universo.
            2) Grande Congelamento
            Nesse cenário, também chamado de morte térmica, enquanto o universo cresce e expande, a matéria decai e se espalha – graças a uma coisa chamada entropia. Aos poucos, as estrelas e buracos negros vão morrer, e não haver nada para os substituir. Só gás e partículas de luz ainda estarão por aqui, mas estes também vão eventualmente decair. Em certo ponto, toda a atividade no universo vai cessar, a entropia vai chegar ao seu máximo, e o mundo estará morto para sempre.
            3) Grande Colapso
            Se há menos energia escura (a misteriosa força que os cientistas ainda estão tentando compreender) no universo do que imaginamos, a gravidade será a força dominante um dia. Assim, a expansão deve desacelerar e parar. E então, o inverso acontecerá: galáxias irão se fundir, e o universo ficará cada vez mais compacto e quente. Tudo que existe irá colapsar em uma massa só, e um gigantesco ultraburaco negro irá devorar tudo, inclusive si mesmo.
            Mas se vc preferir um cenário mais próximo no tempo, imagine a morte do Sol. Quando a nossa estrela começar a ficar sem hidrogênio depois de consumí-lo nas reações nucleares, aumentará tanto de tamanho que engolirá literalmente os planetas Mercúrio, Vénus e a Terra. Se ainda viverem seres humanos na superfície da Terra daqui a 5 bilhões de anos, verão o Sol ficar cada vez maior até preencher metade do céu. Os oceanos ferverão até desaparecer e as rochas da superfície vão derreter. Talvez a vida possa migrar para outros planetas ou sobreviver em túneis profundos, usando tecnologias agora inimagináveis; talvez o nosso planeta já tenha sido abandonado há muito tempo quando o Sol vazio preencher o céu. Quem sabe?

          • AntonioOrlando

            Para se entender como o ônibus funciona, seria necessário “‘desmontá-lo”… e em movimento…, em outras palavras, não dá para se voltar bilhões de anos para se analisar as condições originais do universo/Vida . Ademais, a cena primordial da criação do universo já não existe mais. Por conta disso, as especulações do neo darwinismo, sobre a organização (origem?) das espécies são, tão somente, (como sabiamente coloca Dawkins) especulações que se apoiam, sobretudo, na fé. Em grande medida, em uma fé não muito diferente da dos religiosos…

          • Ronaldo Alves

            É tanta bobagem exposta em tão pouco espaço que fica difícil saber por onde começar…
            1) “não dá para se voltar bilhões de anos para se analisar as condições originais do universo/Vida . Ademais, a cena primordial da criação do universo já não existe mais.”
            Vou repetir o que escrevi acima e que vc ignorou por não ter lido ou por desonestidade:
            A compreensão de um fenômeno não exige sua obeserrvação direta. Se fosse assim, não teríamos conhecimento sobre origem das estrelas, e um criminoso só poderia ser preso em caso de flagrante delito. Todas as ciências frequentemente se baseiam em evidências indiretas. Os físicos não conseguem ver as partículas subatômicas diretamente, por exemplo, de modo que verificam sua existência observando pistas que as partículas deixam em câmaras de nuvens. A ausência de observação direta não torna as conclusões dos físicos menos certas. E a recriação forense de uma cena de crime permite descobrir seu autor.
            2) “Por conta disso, as especulações do neo darwinismo, sobre a organização (origem?) das espécies são, tão somente, (como sabiamente coloca Dawkins)”
            Em seu comentário anterior vc escreveu: “O próprio Dawkins diz que são apenas especulações (as teorias sobre origem da vida)”. Então decida-se: Dawkins se referia à origem da vida ou origem das espécies? Porque são duas coisas diferentes e Dawkins como biólogo sabe disso. Ao contrário de vc que insiste em achar que é a mesma coisa, seja por ignorância, desonestidade ou ambas. Ou talvez seja porque no seu livro de contos de fadas, organismos apareceram já prontinhos, ou seja vida e espécies separadas desde a origem. Aproveite e apresente a fonte de onde tirou a informação que Dawkins afirma ser as teorias sobre origem da vida apenas especulações.
            3) “especulações que se apoiam, sobretudo, na fé. Em grande medida, em uma fé não muito diferente da dos religiosos…”
            Religiosos têm essa mania de achar que descobertas científicas que desmentem suas mitologias preferidas são baseadas em fé. Principalmente quando se trata de pesquisas sobre a origem do universo, da vida ou das espécies. Esse mal-entendido é provavelmente causado por uma dessas razões
            1) Má compreensão do que é a ciência e como funciona o método científico;
            2) Desejo de equiparar adeptos da religião e adeptos da ciência como tentativa de anular as críticas destes àqueles;
            3) Desonestidade intelectual por desespero de causa.
            No caso da origem da vida ou Biopoese , as pesquisas já avançaram o bastante para descartar qualquer intervenção sobrenatural no processo.
            No caso da origem das espécies, ou Teoria da Evolução:
            – Mais de 150 anos de evidências massivas da paleontologia, genética, zoologia, biologia molecular e outros campos gradualmente estabeleceram a verdade da evolução além da dúvida razoável.
            – Centenas de centros de pesquisa, associações científicas e milhares de pesquisadores ao redor do mundo aceitam a evolução como uma ocorrência factual e um princípio orientador universal na biologia.
            – A ciência não é democrática, nem depende de opiniões e a evolução ocorre independente de nove, dezenove ou noventa e nove porcento das pessoas acreditarem nela.
            – Cientistas cristãos como Francis Collins, atual diretor do National Institutes of Health e ex-diretor de os Instituto Nacional de Pesquisa do Genoma Humano dos EUA ou Kenneth R. Miller, professor de biologia da Universidade Brown, ou Theodosius Dobzhansky, geneticista e biólogo evolutivo ucraniano-estadunidense, ou Francisco José Ayala, geneticista, Professor da Universidade da Califórnia, ex-padre dominicano, aceitam a evolução sem problemas. Além é claro da própria Igreja Católica.
            – Pode espernear à vontade. Os cães ladram e a caravana passa e não há nada que vc possa fazer a respeito.
            No caso da origem do Universo, ou Teoria do Big Bang, observações de Penzias e Wilson, os cálculos de Gamow, a existência da radiação cósmica de fundo, as observações de Hubble, as equações de Einstein sobre relatividade geral e os cálculos de lemaitre sobre o universo em expansão, dispensam a necessidade de fé.
            4) “Os religiosos, por outro lado, queriam entender porquê estavam dentro do ônibus, o destino do mesmo e, sobretudo, quem o dirigia.”
            Ora isso é muito fácil, basta perguntar ao motorista. Claro que se não houver evidências de um motorista a coisa fica mais complicada….
            Para saber mais:
            Você não precisa ter fé no Big Bang
            https://www.youtube.com/watch?v=2fs0Q8bpt_o&t=2s
            Teoria do Big Bang – A Historia
            https://www.youtube.com/watch?v=GThIwH_cnk0
            Pesquisa básica
            https://pt.wikipedia.org/wiki/Teoria
            https://pt.wikipedia.org/wiki/Big_Bang
            https://pt.wikipedia.org/wiki/Abiog%C3%AAnese
            https://pt.wikipedia.org/wiki/Evolu%C3%A7%C3%A3o
            http://comciencia.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-76542009000300011&lng=en&nrm=iso
            https://netnature.wordpress.com/2016/02/15/como-um-evangelico-criacionista-aceita-a-evolucao/

          • Ronaldo Alves

            “não dá para se voltar bilhões de anos para se analisar as condições originais do universo/Vida . Ademais, a cena primordial da criação do universo já não existe mais.”
            Não é preciso observar um fenômeno diretamente para entender como ele aconteceu. Assista:
            https://www.youtube.com/watch?v=DwKhxu-WnDs

            ” cena primordial da criação do universo já não existe mais. Por conta disso, as especulações do neo darwinismo, sobre a organização (origem?) das espécies são, tão somente, (como sabiamente coloca Dawkins) especulações que se apoiam, sobretudo, na fé.”
            Esse mal-entendido é provavelmente causado por uma dessas razões
            1) Má compreensão do que é a ciência e como funciona o método científico;
            2) Desejo de equiparar religião e ciência como tentativa de anular as críticas desta àquela;
            3) Analfabetismo funcional e científico, já que origem do universo, origem da vida e origem das espécies são assuntos diferentes, estudados por disciplinas diferentes.
            4) Desonestidade intelectual por desespero de causa.
            A ciência não é democrática, nem depende de opiniões e a evolução ocorre independente de nove, dezenove ou noventa e nove porcento das pessoas acreditarem nela(O mesmo vale para o Big Bang).
            E você não precisa ter fé no Big Bang, assim como não precisa de fé na evolução.
            https://www.youtube.com/watch?v=2fs0Q8bpt_o&t=2s

            Evolução e origem da vida são coisas diferentes
            https://www.youtube.com/watch?v=rnMYZnY3uLA

            Nossas Origens
            https://www.youtube.com/playlist?list=PL9D27F41570BF0CFC

          • Ronaldo Alves

            Em tempos de internet, teimar em permanecer ignorante é uma escolha….
            Os dez sintomas de uma pessoa iludida
            https://rebeldiametafisica.wordpress.com/2011/06/27/os-dez-sintomas-de-uma-pessoa-iludida/

            Não é preciso observação direta para descobrir como algo acontece. Se fosse assim o caso Nardoni jamais seria solucionado. Assista:
            https://www.youtube.com/watch?v=DwKhxu-WnDs

            E você não precisa ter fé no Big Bang, assim como não precisa de fé na evolução.
            https://www.youtube.com/watch?v=2fs0Q8bpt_o&t=2s

            Não adianta insistir. Evolução e origem da vida são coisas diferentes.
            https://www.youtube.com/watch?v=rnMYZnY3uLA

            http://geradormemes.com/media/created/1os9u9.jpg

          • Ronaldo Alves

            Em tempos de internet, teimar em permanecer ignorante é uma escolha….
            Os dez sintomas de uma pessoa iludida
            https://rebeldiametafisica.wordpress.com/2011/06/27/os-dez-sintomas-de-uma-pessoa-iludida/

            Não é preciso observação direta para descobrir como algo acontece. Se fosse assim o caso Nardoni jamais seria solucionado. Assista:
            https://youtu.be/DwKhxu-WnDs

            E você não precisa ter fé no Big Bang, assim como não precisa de fé na evolução.
            https://www.youtube.com/watch?v=2fs0Q8bpt_o&t=2s

            Não adianta insistir. Evolução e origem da vida são coisas diferentes.
            https://youtu.be/rnMYZnY3uLA

            http://geradormemes.com/media/created/1os9u9.jpg

            http://geradormemes.com/media/created/rj5ee6.jpg

          • AntonioOrlando

            A internet é um dos maiores motivos da ignorância. …

            Responderei depois os outros tópicos. Quanto aos Nardonis, você tinha: um corpo, a cena do crime, testemunhas e, ainda, os dois criminosos. …Acho que é melhor trocar a internet por um bom livro…

          • Ronaldo Alves

            teste

          • AntonioOrlando

            Não há evidências, conclusivas, da evolução, só especulações. Leia Raymond Tallis e Terry Eagleton, dois escritores e ateus confessos, que acham toda a ladainha neo darwiniana uma grande falácia. Prezado, vives pela fé. …

          • Ronaldo Alves

            Não há evidências, conclusivas, da evolução, só especulações. Leia Raymond Tallis e Terry Eagleton, dois escritores e ateus confessos, que acham toda a ladainha neo darwiniana uma grande falácia. Prezado, vives pela fé.

            1. FALSO! Ao invés de ficar de mimimi vc precisa esclarecer o quer dizer com evidências conclusivas da evolução e demonstrar porque as evidências massivas da paleontologia, genética, zoologia, biologia molecular, anatomia comparada, distribuição geográfica dos seres vivos, filogenética comparada e outros campos a favor da evolução, são inadequadas. Estou aguardando…

            2. Terry Eagleton é filósofo e crítico literário britânico identificado com o marxismo, do qual ele defende a relevância. Vc concorda com ele que o marxismo é importante, ou só aceita o que ele “supostamente” diz contra a evolução? Pesquisei e não encontrei nada a esse respeito. Vc pode apresentar as referências sobre ele ser contrário à evolução? Estou aguardando….

            3.Raymond Tallis é filósofo, poeta, romancista, crítico cultural e médico aposentado e neurocientista clínico. E SURPRESA!, ao contrário do vc afirma, Tallis não é contrário à evolução. Leia abaixo:

            “A teoria da evolução descreve os processos da seleção natural que sem dúvida deram origem ao Homo sapiens. Mas é errado concluir que se aceitarmos essa teoria também teremos de procurar uma explicação evolucionista da gênese e da forma da cultura humana.”
            Fonte: http://m.noticias.uol.com.br/midiaglobal/prospect/2011/06/13/os-seres-humanos-nao-sao-apenas-animais-mais-inteligentes.htm

            “A primeira coisa que se deve dizer é que Tallis apoia integralmente a teoria da evolução de Darwin como explicação para a existência da espécie humana (Homo sapiens). O que Tallis está a criticar é a utilização da teoria da evolução de Darwin para explicar o comportamento humano.” Diz ele [em] seu livro [“A Macaqueação do Gênero Humano – Neuromania, Darwinite e a Representação Distorcida da Humanidade”]:
            «Eu não estou a questionar a origem biológica do organismo Homo sapiens. A verdade da teoria da evolução está para além de qualquer dúvida razoável.» (pág. 239)
            «O meu ataque à darwinite […] não tem nada a ver com o questionamento pela cintura bíblica [região dos EUA com uma grande influencia fundamentalista cristã – NT] da veracidade da ideia central de Darwin de que as espécies, incluindo o Homo sapiens, foram criadas por mecanismos de seleção natural de variação aleatória […]»
            «A seleção natural afasta a necessidade de se procurar um criador. Nada num organismo vivo foi projetado, quer tivesse sido de uma forma inteligente, superinteligente ou estúpida. Não há nenhuma necessidade de se procurar uma mão moldadora consciente para se explicar o surgimento de criaturas complexas.» (págs. 210-211)
            Fonte: http://paginavermelha.org/noticias/120730-neuro-behaviorismo.htm

            De qualquer modo tanto Raymond Tallis quanto Terry Eagleton não são biólogos evolucionários. O que eles acham não tem a menor importância diante das evidências acumuladas pró evolução. E isso vale para qualquer um, seja ateu, religioso, filósofo, crítico literário, corinthiano, petista e quem mais aparecer com achismos. O que vale é apresentar EVIDÊNCIAS
            que desmintam a evolução. Por exemplo, encontrar fósseis humanos modernos embutidos em estratos do período Jurássico (há 144 milhões de anos). Mais de 150 anos depois da publicação das idéias de Darwin que vêm tentando e nada. Lamento.

            Para concluir: A Teoria da Evolução jogou por terra a tese de que a vida precisou de intervenção divina para existir e também pôs em dúvida outro conceito importante para muitas religiões: o suposto status especial do homem perante os demais seres vivos. Sua preocupação em negar a teoria evolutiva de Darwin não tem nada a ver com a busca da verdade, mas com a defesa de seus dogmas religioso, especificamente com o conceito de pecado original. Ora, se o primeiro casal nunca existiu, e se a morte nos acompanha desde a origem, o sacrifício de Jesus aparentemente perde o sentido. E pior: Deus teria criado um Universo cheio de sofrimento e dor. Essa é a conclusão a que vc não quer aceitar. Mas resistir é inútil. Se conforme.
            P.S.: Apresentei vídeos desmentindo suas afirmações de que é preciso observação direta para descobrir como algo acontece, de que você precisa ter fé no Big Bang, assim na evolução, de que Evolução e origem da vida são a mesma coisa. Vc disse que responderia a isso depois. Cadê as respostas? Vc enrolou, demorou para voltar a comentar e reaparece com a mesma inverdade: aceitar a evolução depende de fé, não de evidências. Qual seu problema além de ignorância sobre metodologia científica? Analfabetismo funcional? Ou suas crenças o cegaram a tal ponto que vc é incapaz de enxergar o óbvio?

          • Ronaldo Alves

            Não há evidências, conclusivas, da evolução, só especulações. Leia Raymond Tallis e Terry Eagleton, dois escritores e ateus confessos, que acham toda a ladainha neo darwiniana uma grande falácia. Prezado, vives pela fé.

            CARAMBA! Nunca tinha encontrado um argumento tão poderoso…Tenho certeza que depois disso, centenas de institutos de pesquisa serão fechados, milhares de cientistas em todo o planeta irão abandonar seus empregos e milhões de ateus entregarão suas vidas a Jesus Cristo, nosso Senhor e Salvador. Obrigado por mostrar o erro em que estávamos envolvidos.
            Só uma coisinha…Vc reparou que tanto tanto Raymond Tallis quanto Terry Eagleton não são cientistas? Certamente que filosofia, crítica literária ou poesia são suficientes para alguém criticar biologia evolucionária. Falha minha não perceber isso….
            E vc deve ter se enganado porque um cristão legítimo como vc não iria mentir para defender a própria fé. Mas Raymond Tallis ao contrário do vc afirma, não é contrário à evolução. Leia abaixo:
            Ele diz: “A teoria da evolução descreve os processos da seleção natural que sem dúvida deram origem ao Homo sapiens. Mas é errado concluir que se aceitarmos essa teoria também teremos de procurar uma explicação evolucionista da gênese e da forma da cultura humana.”
            Fonte: http://m.noticias.uol.com.br/midiaglobal/prospect/2011/06/13/os-seres-humanos-nao-sao-apenas-animais-mais-inteligentes.htm

            “A primeira coisa que se deve dizer é que Tallis apoia integralmente a teoria da evolução de Darwin como explicação para a existência da espécie humana (Homo sapiens). O que Tallis está a criticar é a utilização da teoria da evolução de Darwin para explicar o comportamento humano.” Diz ele [em] seu livro [“A Macaqueação do Género Humano – Neuromania, Darwinite e a Representação Distorcida da Humanidade”]:
            «Eu não estou a questionar a origem biológica do organismo Homo sapiens. A verdade da teoria da evolução está para além de qualquer dúvida razoável.» (pág. 239)
            «O meu ataque à darwinite […] não tem nada a ver com o questionamento pela cintura bíblica [região dos EUA com uma grande influencia fundamentalista cristã – NT] da veracidade da ideia central de Darwin de que as espécies, incluindo o Homo sapiens, foram criadas por mecanismos de seleção natural de variação aleatória […]»
            «A seleção natural afasta a necessidade de se procurar um criador. Nada num organismo vivo foi projetado, quer tivesse sido de uma forma inteligente, superinteligente ou estúpida. Não há nenhuma necessidade de se procurar uma mão moldadora consciente para se explicar o surgimento de criaturas complexas.» (págs. 210-211)
            Fonte: http://paginavermelha.org/noticias/120730-neuro-behaviorismo.htm

          • Cícero

            Não são cientistas? mas há vários cientistas ateus que rejeitam o mito darwinista sim. Na lista de quase 1000 cientistas PhD além de tantos outros e inúmeros médicos temos ateus:
            http://www.dissentfromdarwin.org/faq/
            http://ateismorefutado.blogspot.com.br/2015/04/e-se-teoria-da-evolucao-estiver-errada.html

          • Ronaldo Alves

            Não são cientistas? mas há vários cientistas ateus que rejeitam o mito darwinista sim. Na lista de quase 1000 cientistas PhD além de tantos outros e inúmeros médicos temos ateus

            Vc conhece o “Support for darwinism”? Bom, em em quatro dias ele conseguiu 7.733 assinaturas de cientistas. Em comparação o “Dissent from darwinism” atingiu 684 em 15 anos. E vc sabia que apenas cerca de 80 dos que constam da petição do “Dissent from darwinism” tinham experiência em uma área relevante para a evolução? A maioria era pessoas de filosofia e outras áreas sem nada a ver. E que tal o “Projeto Steve”, uma lista de cientistas de nome Stephen / Steven ou uma variação deles (por exemplo, Stephanie, Stefan, Esteban, etc.) que “apóiam a evolução”? Criado pelo Centro Nacional de Educação em Ciências, o “Projeto Steve” também homenageia Stephen Jay Gould e ao mesmo tempo, é uma verdadeira coleção de cientistas. Apesar da restrição da lista a apenas cientistas com nomes como “Steve”, que nos Estados Unidos limita a lista a cerca de 1 por cento da população total, o “Projeto Steve” é ​​mais longo e contém muitos mais eminentes cientistas do que qualquer lista criacionista. Em particular, o “Projeto Steve” contém muitos mais biólogos do que as listas criacionistas, com cerca de 51% dos Steves listados sendo biólogos. A página “Lista de Steves” fornece um total atualizado de cientistas “Steves” que assinaram a lista. Em 22 de dezembro de 2016, o “Projeto Steve” tinha 1.407 signatários.
            Mas nada disso tem importância. Para a ciência valem evidências, não opiniões. Então cadê as evidências fornecidas por qualquer um desses cientistas anti evolução? Citar Adauto Lourenço, a fraude científica, como autoridade ou Michel Behe, desmontado ao vivo durante o julgamento do Caso Dover já mostra o nível do blog de apologética cristã do qual vc retirou o texto “E se a teoria da evolução estiver errada?”, que é apenas mais do mesmo: desinformação e falsidades.
            Lembre-se: quando o assunto for relativo à ciência, apresente informações retiradas de sites de divulgação científica. Quando o assunto for uma inutilidade como teologia, então vc pode consultar blogs de apologética cristã.
            http://geradormemes.com/media/created/3ub0xk.jpg

          • Cícero

            Então a maioria deve estar sempre certa??? Galileu também esteve sozinho ao propor o heliocentrismo.

            E aquele julgamento foi altamente tendencioso, Behe confessou em entrevista: ”eu não acho que o veredicto juiz Jones foi objetivo e imparcial. Na verdade, eu não acho que o juiz entendeu nenhum dos argumentos acadêmicos que foram apresentados em seu tribunal, seja ciência, filosofia ou teologia, ou mesmo apresentado pelos autores ou réus.” http://www.salem-news.com/articles/may172010/thinking-isolation-kz.php

            Até hoje pouquíssimos biólogos entendem o intricado e complexo mecanismo do flagelo bacteriano, com partes e microcomponentes interdependentes que não permitiriam terem aleatoriamente surgido peça por peça “evoluindo”, sob pena de jamais existir tal estrutura espetacular!
            É uma prova da formidável obra de engenharia Inteligente Divina!
            Nem os maiores cientistas, universidades, departamentos e institutos de biologia do mundo conseguiram refutar corretamente a tese de Behe.

            O flagelo, uma máquina rotora micromolecular, funcionando como um motor de popa na bactéria para impulsioná-lo através do meio líquido para encontrar alimento. Nesse sentido, os flagelos têm um design básico que é altamente semelhante a alguns motores feitos pelos seres humanos contendo muitas partes que são familiares para os engenheiros, inclusive um rotor, um estator, uma junta universal, uma hélice, um freio e uma embreagem. Como um biólogo molecular escreveu na Cell:
            “mais do que outros motores, o flagelo parece com uma máquina intencionalmente planejada por um ser humano.”
            Contudo, a eficiência energética dessas máquinas suplanta qualquer coisa produzida pelos seres humanos: o mesmo artigo concluiu que a eficiência do flagelo bacteriano “poderia ser de 100%.”.

            O Dr. Stephen Meyer, diretor do Center for Science & Culture diz:
            “Na verdade, o caso de Behe fica mais forte com cada tentativa sucessiva de testá-lo por meio de refutação experimental.”

            Jerry Coyne, biólogo evolucionista da Universidade de Chicago, afirmou:
            “Não há dúvida de que os processos descritos por *Behe* são impressionantemente complexos, e a sua evolução vai ser difícil de se desvendar… Nós podemos ser para sempre incapazes de imaginar os primeiros protoprocessos.”

            E não respondi seu texto porque vc não tem nem capacidade cognitiva pra entender as questões, além de muitos já refutados ad-nauseam em outros blogs. Ex. nas duas primeiras:

            “Sim, isso é possível! assim como a garota também teria tempo pra se arrepender e aceitar Jesus igualmente.”
            Como a garota teria tempo para se arrepender se ele foi raptada, estuprada e morta, seu Zé Mané?

            A garota não teria 15 anos?? e isso não é tempo pra se converter??

            “Antes de Jesus na Ásia, a base era o VT dos judeus. E nos outros lugares seriam julgados sem a lei de Deus cfe. Rm 2:11-16”
            E conforme Marcos 16:16 – “Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado.”

            A passagem que vc citou de Marcos é do NT para um mundo civilizado da época, e não do VT.

          • Ronaldo Alves

            Então a maioria deve estar sempre certa??? Galileu também esteve sozinho ao propor o heliocentrismo.
            Não bocó, para a ciência maioria não vale nada. Escrevi justamente isso em meu comentário: “Mas nada disso tem importância (as tais listas de assinaturas a favor e contra a evolução). Para a ciência valem evidências, não opiniões. Então cadê as evidências fornecidas por qualquer um desses cientistas anti evolução?” Analfabetismo funcional é fogo…
            E Galileu estava certo não por estar sozinho em suas crenças, mas porque uniu experimentação com matemática, ao contrário dos “doutores” de sua época que ficavam patinando em argumentações dedutivas sem fim que não levavam a lugar algum, feito os apologistas cristãos de hoje. Muita filosofice e pouca realidade…

            E aquele julgamento foi altamente tendencioso, Behe confessou em entrevista…
            Desde quando mimimi virou confissão? No processo de 2005, Kitzmiller v. Dover Area School District, em que Behe testemunhou sobre a complexidade irredutível, a corte entendeu que “a alegação de complexidade irredutível do professor Behe foi refutada em trabalhos de pesquisa revisados por pares, e foi rejeitado pela comunidade científica em geral”
            Além disso, Behe admite que a definição de ciência usada pelo resto da comunidade científica não permite chamar o design inteligente de ciência. Logo, ele criou sua própria definição de ciência, com mais “flexibilidade”. Tanta flexibilidade que Behe admitiu que, de acordo com sua teoria, a astrologia seria considerada ciência. Pelo menos nesse ponto, de que a astrologia é tão científica quanto o design inteligente, concordamos com ele. Mas até onde sabemos, Behe não recomenda que a astrologia seja também ensinada como ciência nas escolas públicas. Talvez porque os astrólogos não afirmam existir uma misteriosa entidade onipotente projetando os mapas astrais que vendem. Ainda bem.
            Complexidade Irredutível
            https://pt.wikipedia.org/wiki/Complexidade_irredut%C3%ADvel#cite_note-dover_behe_ruling-4
            O Caso Dover
            https://www.youtube.com/watch?v=ngyqGn1Ldd0

            Até hoje pouquíssimos biólogos entendem o intricado e complexo mecanismo do flagelo bacteriano (…)>
            MENTIRA DESLAVADA! O que não faltam são artigos explicando o mecanismo do flagelo bacteriano. Basta pesquisar. Dois exemplos:
            Como se deu a evolução do flagelo da bactéria, cuja complexidade é usada por criacionistas como argumento contra a evolução?
            http://pergunte.evolucionismo.org/post/80011980815
            Vídeo do Kenn Miller, explicando a evolução do flagelo bacteriano:
            https://www.facebook.com/CanalDoPirula/videos/991765434229627

            E o mesmo vale para as declarações de Stephen Meyer. Quanto à declaração de Jerry Coyne (que poderia muito bem estar se referindo apenas à dificuldade de desvendar um processo natural), gostaria que vc apresentasse a referência da mesma, visto que criacionistas são mestres em distorcer citações, amputando pedaços para que pareçam concordar com suas crendices. Mesmo porque Coyne é um crítico do criacionismo, da evolução teísta e do design inteligente, que ele chama de “a última encarnação pseudocientífica do criacionismo religioso habilmente trabalhada por um novo grupo de entusiastas para contornar as restrições legais recentes”.
            Em uma crítica à teoria criacionista do design inteligente em 1996, Coyne escreveu seu primeiro grande artigo do New Republic, uma resenha sobre o livro Of Pandas and People, que iniciou uma longa história de escritos sobre a evolução e criacionismo.
            Vc sabia que Jerry Coyne é criador do site “Por que a Evolução é Verdadeira” onde a respeito de pesquisa sobre a evolução e a falsidade do criacionismo? Pois é….
            https://whyevolutionistrue.wordpress.com/

            Apesar disso tudo, a complexidade irredutível continua sendo citada como um argumento importante pelos criacionistas, particularmente pelos proponentes do Design Inteligente. Parabéns….
            http://evolucionismo.org/profiles/blogs/incoerencia-irredutivel
            http://observatoriodaimprensa.com.br/feitos-desfeitas/_ed836_defendendo_o_indefensavel/

            http://geradormemes.com/media/created/kd8hhw.jpg

            <b.E não respondi seu texto porque vc não tem nem capacidade cognitiva pra entender as questões, além de muitos já refutados ad-nauseam em outros blogs.
            Olha quem fala em incapacidade cognitiva! Justo ele, que além de ignorante é sem dúvida, a pessoa mais desonesta intelectualmente que já se viu pelas redes sociais. Um caso perdido, um fanático imune a fatos e argumentos, que valoriza o que uma autoridade supostamente diz a favor de sua crendice, mas ignora citações contrárias, num sinal mais que evidente de pobreza intelectual. Ele, cujos comentários são um enorme atravancado de afirmações arbitrárias, petições de principio, citações adulteradas, e claro, um monte de passagens bíblicas, como se isso fosse importante pra quem não acredita na Bíblia. AHAHAHAHAHAHAHA, CHOREI LARGADO…..

            A garota não teria 15 anos?? e isso não é tempo pra se converter??
            E por que ela se converteria? Ela nasceu em um lar judeu e cresceu com os ensinamentos e crenças judaicas. E ela amava a Deus com todo seu coração da maneira que ela supostamente deveria fazer,
            da maneira que lhe foi ensinada através de Sua Palavra. Ou será que o Deus dos judeus é diferente do Deus cristão?
            Inferno é para crianças – Uma Parábola Cristã
            https://www.youtube.com/watch?v=2KFTxAAsucs

            A passagem que vc citou de Marcos é do NT para um mundo civilizado da época, e não do VT.
            Vc está dizendo que o mundo do VT dos judeus não era civilizado? Já perguntou à um judeu o que ele acha disso?

          • Ronaldo Alves

            Então a maioria deve estar sempre certa??? Galileu também esteve sozinho ao propor o heliocentrismo.

            Não bocó, para a ciência maioria não vale nada. Escrevi justamente isso em meu comentário: “Mas nada disso tem importância (as tais listas de assinaturas a favor e contra a evolução). Para a ciência valem evidências, não opiniões. Então cadê as evidências fornecidas por qualquer um desses cientistas anti evolução?” Analfabetismo funcional é fogo…
            E Galileu estava certo não por estar sozinho em suas crenças, mas porque uniu experimentação com matemática, ao contrário dos “doutores” de sua época que ficavam patinando em argumentações dedutivas sem fim que não levavam a lugar algum, feito os apologistas cristãos de hoje. Muita filosofice e pouca realidade…

            E aquele julgamento foi altamente tendencioso, Behe confessou em entrevista…

            Desde quando mimimi virou confissão? No processo de 2005, Kitzmiller v. Dover Area School District, em que Behe testemunhou sobre a complexidade irredutível, a corte entendeu que “a alegação de complexidade irredutível do professor Behe foi refutada em trabalhos de pesquisa revisados por pares, e foi rejeitado pela comunidade científica em geral”
            Além disso, Behe admite que a definição de ciência usada pelo resto da comunidade científica não permite chamar o design inteligente de ciência. Logo, ele criou sua própria definição de ciência, com mais “flexibilidade”. Tanta flexibilidade que Behe admitiu que, de acordo com sua teoria, a astrologia seria considerada ciência. Pelo menos nesse ponto, de que a astrologia é tão científica quanto o design inteligente, concordamos com ele. Mas até onde sabemos, Behe não recomenda que a astrologia seja também ensinada como ciência nas escolas públicas. Talvez porque os astrólogos não afirmam existir uma misteriosa entidade onipotente projetando os mapas astrais que vendem. Ainda bem.
            Assista ao documentário sobre o chamado “Caso Dover”:
            https://www.youtube.com/watch?v=ngyqGn1Ldd0

            Até hoje pouquíssimos biólogos entendem o intrincado e complexo mecanismo do flagelo bacteriano (…)

            MENTIRA DESLAVADA! O que não faltam são artigos explicando o mecanismo do flagelo bacteriano.
            Por exemplo, pesquise:
            1. Como se deu a evolução do flagelo da bactéria, cuja complexidade é usada por criacionistas como argumento contra a evolução?
            2. Porque o flagelo bacteriano sepultou a complexidade irredutível

            E o mesmo vale para a declaração de Stephen Meyer, outra mentira deslavada. Além disso, sabendo que criacionistas, desonestos que são, adoram distorcer citações de cientistas sérios, amputando partes para deixar aquilo que pareça favorecê-los resolvi pesquisar sobre Jerry Coyne e SURPRESA!, descobri que ele é um crítico do criacionismo, da evolução teísta e do design inteligente, que chama de “a última encarnação pseudocientífica do criacionismo religioso habilmente trabalhada por um novo grupo de entusiastas para contornar as restrições legais recentes”. Jerry Coyne também é criador do site “Por que a Evolução é Verdadeira” onde a respeito de pesquisa sobre a evolução e a falsidade do criacionismo? Pois é….
            Então segue abaixo a citação completa Jerry Coyne, com as partes amputadas entre parentesis:
            Não há dúvida de que os caminhos descritos por Behe são extremamente complexos, e sua evolução será difícil de desvendar. (Ao contrário das estruturas anatômicas, cuja evolução pode ser rastreada com fósseis, a evolução bioquímica deve ser reconstruída a partir de organismos vivos altamente evoluídos,) e poderemos sempre ser incapazes de imaginar os primeiros proto-caminhos.
            (Não é válido, entretanto, supor que, porque um homem não pode imaginar tais caminhos, eles não poderiam ter existido. (…) Nós enfrentamos não somente uma ausência dos dados, mas também o fato terrível que nós mesmos somos criaturas evoluídas com cognição e imaginação limitada.)
            Noutro techo do artigo, Coyne escreve:”(…) há ampla evidência para a evolução da morfologia e anatomia proveniente de estudos de paleontologia, embriologia, biogeografia e órgãos vestigiais. Essa evolução deve, é claro, ser baseada na evolução de moléculas e vias bioquímicas.”
            Fonte: COYNE, J. A. God in the details. Nature 383, 227-228, 1996.

            Apesar disso tudo, a complexidade irredutível continua sendo citada como um argumento importante pelos criacionistas, particularmente pelos proponentes do Design Inteligente. Parabéns….
            http://geradormemes.com/media/created/kd8hhw.jpg

            E não respondi seu texto porque vc não tem nem capacidade cognitiva pra entender as questões, além de muitos já refutados ad-nauseam em outros blogs

            Ah tá, senta lá Cláudia. Não respondeu porque não tinha argumentos. E olha quem fala em incapacidade cognitiva! Justo ele, que além de ignorante é sem dúvida, a pessoa mais desonesta intelectualmente que já se viu pelas redes sociais. Um caso perdido, um fanático imune a fatos e argumentos, que valoriza o que uma autoridade supostamente diz a favor de sua crendice, mas ignora citações contrárias, num sinal mais que evidente de pobreza intelectual. Ele, cujos comentários são um enorme atravancado de afirmações arbitrárias, petições de principio, citações adulteradas, e claro, um monte de passagens bíblicas, como se isso fosse importante pra quem não acredita na Bíblia. AHAHAHAHAHAHAHA, CHOREI LARGADO…..

            A garota não teria 15 anos?? e isso não é tempo pra se converter??

            E por que ela se converteria? Ela nasceu em um lar judeu e cresceu com os ensinamentos e crenças judaicas. E ela amava a Deus com todo seu coração da maneira que ela supostamente deveria fazer,
            da maneira que lhe foi ensinada através de Sua Palavra. Ou será que o Deus dos judeus é diferente do Deus cristão? Assista:
            https://www.youtube.com/watch?v=2KFTxAAsucs

            A passagem que vc citou de Marcos é do NT para um mundo civilizado da época, e não do VT.
            Vc está dizendo que o mundo do VT dos judeus não era civilizado? Já perguntou à um judeu o que ele acha disso?

          • Cícero

            A citação de Jerry Coyne entre outras; está na bibliografia do artigo abaixo que manda pro lixo a religião mitológica transformista darwinista:
            http://observatoriodaimprensa.com.br/mosaico/_ed841_replica_ingenua_desatualizada_e_pifia/

          • Ronaldo Alves

            Não há dúvida de que os caminhos descritos por Behe são extremamente complexos, e sua evolução será difícil de desvendar.Ao contrário das estruturas anatômicas, cuja evolução pode ser rastreada com fósseis, a evolução bioquímica deve ser reconstruída a partir de organismos vivos altamente evoluídos, e poderemos sempre ser incapazes de imaginar os primeiros proto-caminhos.
            (Não é válido, entretanto, supor que, porque um homem não pode imaginar tais caminhos, eles não poderiam ter existido. (…) Nós enfrentamos não somente uma ausência dos dados, mas também o fato terrível que nós mesmos somos criaturas evoluídas com cognição e imaginação limitada.)
            Noutro techo do artigo, Coyne escreve:”(…) há ampla evidência para a evolução da morfologia e anatomia proveniente de estudos de paleontologia, embriologia, biogeografia e órgãos vestigiais. Essa evolução deve, é claro, ser baseada na evolução de moléculas e vias bioquímicas.”
            Fonte: COYNE, J. A. God in the details. Nature 383, 227-228, 1996.

          • Ronaldo Alves

            Já sabia disso, tanto que publiquei um comentário logo abaixo, onde desmascaro a desonestidade do autor do artigo. Parece que vc não leu….
            E falando em religião mitológica transformista conheço uma mais hilária onde barro se transforma em homem, costela se transforma em mulher, mulher se transforma em estátua de sal e água se transforma em vinho….

          • Cícero

            hahahaha! bela piada, que prêmio Nobel??? então quem são os crentes darwinistas que já comprovaram o mito pela ciência (macroevolução em fósseis ou vivos) e ganharam Nobeis hein, quem são eles?
            Só mesmo vc pra não notar (problemas de cognição né) como Jerry Coyne dá um show de contradições e incoerências em suas declarações:
            _”e poderemos sempre ser incapazes de imaginar os primeiros proto-caminhos.”_
            _”Nós enfrentamos não somente uma ausência dos dados, mas também o fato terrível que nós mesmos somos criaturas evoluídas com cognição e imaginação limitada”_
            Ele não tem ideia de como nós temos tal inteligência e cognição diferenciada dos outros animais, mas obviamente não admite um Construtor Inteligente pra esses atributos especiais.
            _”Essa evolução deve, é claro, ser baseada na evolução de moléculas e vias bioquímicas.”_
            Algo nunca comprovado cientificamente, sendo pura especulação e suposição da fé darwinista baseada sim, no famoso refrão mágico: “…durante milhões de anos”, sim o deus tempo pode fazer qualquer mágica desde que tenha fé!

            Mas Coyne como tantos outros crentes darwinistas só vem confirmar que consciente ou inconscientemente eles citam coisas contrárias à sua crença.
            Se contradizendo várias vezes no próprio texto demonstrando assim, as insolúveis e crescentes lacunas de seu mito mágico transformista onde ACREDITAM! que amebas viram cavalos, elefantes e GENTE em tantos tempos!
            No artigo do Enézio há vários exemplos, basta ver. E também Enézio propôs um desafiou a seus oponentes, pra comprovar de vez a evolução (sic) mas eles fugiram covardemente.

            XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

            Não importa se a moça era judia, os judeus também precisam da salvação depois que Cristo veio – NT.

            Vc está dizendo que o mundo do VT dos judeus não era civilizado? Já perguntou à um judeu o que ele acha disso?

            Não entendeu de novo a questão (problemas de cognição né).
            No mundo do VT a base pra salvação dos pagãos, era o civilizado povo judeu.

          • Ronaldo Alves

            hahahaha! bela piada, que prêmio Nobel??? então quem são os crentes darwinistas que já comprovaram o mito pela ciência (macroevolução em fósseis ou vivos) e ganharam Nobeis hein, quem são eles?
            1. Sabe o que é IRONIA?
            2. Sabia que só existe prêmio Nobel de Física, Química, Fisiologia ou Medicina, Literatura, Paz e Ciências Econômicas, e portanto não existe Nobel para Biologia, como não existe para Geologia, Astronomia ou Ciências Planetárias?
            3. Sabia que para promover e premiar cientistas nos campos que não são cobertos pelo Nobel, a Academia Real das Ciências da Suécia (a mesma que premia o Nobel) criou o Prêmio Crafoord, que recompensa a pesquisa nos campos de matemática, geociências, astronomia e biociências?
            4. Sabia que Carl Woese, cientista norte-americano recebeu a Medalha Nacional da Ciência dos Estados Unidos, em 2000, e o Prêmio Crafoord das Biociências, em 2003, entregue pela academia sueca, por trabalhos em Biologia Evolutiva? Chora nenem…..
            5. Sabia que existe também o
            International Prize for Biology (Prémio Internacional de Biologia), que é dado a cientistas que tenham desenvolvido contribuições significativas na área da Biologia, que é gerido pela Sociedade para a Promoção da Ciência do Japão (Japan Society for the Promotion of Science) e que em 2002 o premiado foi Masatoshi Nei e em 2013 o Dr. Joseph Felsenstein, ambos por trabalhos em Biologia Evolutiva? Chora de novo….
            Tsc, tsc, tsc…Velho Cícero, vc não toma jeito. Desinformação, estupidez e arrogância. Pefil típico de um
            CriaBURROcionista

            No artigo do Enézio há vários exemplos, basta ver. E também Enézio propôs um desafiou a seus oponentes, pra comprovar de vez a evolução (sic) mas eles fugiram covardemente.
            Falando em CriaBURROcionista….
            Vários exemplos ou Argumentum verbosium (prova por verbosidade)?
            Os textos do Enézio não passam de tentativas de esmagar os envolvidos pelo discurso prolixo, apresentando um enorme volume de material. Superficialmente, o argumento parece plausível e bem pesquisado, mas é tão trabalhoso desembaraçar e verificar cada fato comprobatório que pode acabar por ser aceito sem ser contestado. É mais uma tentativa de saturar a mente do oponente.
            Enézio ainda discute darwinismo como se discutia antes da síntese, e obviamente muitas ideias de Darwin estavam erradas e foram revistas. Com o advento da genética e biologia molecular ficaram mais abertas ás evidências que justificam a evolução biológica no meio acadêmico. Sua alegação sobre a síntese neo-darwiniana é meramente negacionista, pois as evidências moleculares e genéticas não apontam para tal ideia. De fato, negar não é refutar, e afirmar não é corroborar. É preciso muito mais do que sentar na frente do blog para refutar Darwin do trono acadêmico.
            Que tal conhecer melhor seu amiguinho consultando estes links:
            Desmascarando a camarilha pseudo-científica
            http://www.bulevoador.com.br/2013/11/desmascarando-camarilha-pseudo-cientifica/
            5 criacionistas desonestos do Brasil
            http://blog.elivieira.com/2009/10/30/5-criacionistas-desonestos-do-brasil/
            Não, não temos macroevolução
            http://scienceblogs.com.br/rainha/2010/05/no_no_temos_macroevoluo/
            Criacionistas e o método do papagaio
            http://www.darwin.bio.br/?p=101
            E NÃO ESQUEÇA! SE um dia a TE for refutada, o será por um cientista, não por um criaburrocionista. SE um dia a TE for refutada, não provará que o criacionismo está certo.

            Só mesmo vc pra não notar (problemas de cognição né) como Jerry Coyne dá um show de contradições e incoerências em suas declarações
            QUE BONITO! De evolucionista reconhecedor do design para obtuso crente darwinista. Quando a citação estava distorcida não havia problema, quando eu demonstrei a manobra criacionista, a citação está cheia de contradições e incoerências? Problemas de desonestidade intelectual, analfabetismo funcional, ou ambos?
            Ele não tem ideia de como nós temos tal inteligência e cognição diferenciada dos outros animais, mas obviamente não admite um Construtor Inteligente pra esses atributos especiais.
            Talvez ele desconfie que o fato de possuirmos um cérebro maior e mais complexo tenha algo a ver com isso. Nem é preciso ser biólogo evolucionário para perceber a relação entre tamanho/complexidade e inteligência/cognição diferenciadas. A não ser que vc seja um CriaBURROcionista que acredita em alma e outras superstições.

            Algo nunca comprovado cientificamente (evolução de moléculas e vias bioquímicas), sendo pura especulação e suposição da fé darwinista baseada sim, no famoso refrão mágico: “…durante milhões de anos”
            Serve Evolução molecular em:
            https://pt.wikipedia.org/wiki/Evolu%C3%A7%C3%A3o_molecular?

            Se contradizendo várias vezes no próprio texto demonstrando assim, as insolúveis e crescentes lacunas de seu mito mágico transformista onde ACREDITAM! que amebas viram cavalos, elefantes e GENTE em tantos tempos!
            Quem acredita nisso são CriaBURROcionista que não entendem bulhufas de evolução e acham que ela acontece em linha reta, com uma classe se transformando em outra. Previsível para quem acredita em criação instantânea de animais completamente formados POOFFF!
            Como sou legal, vou te contar um segredo guardado pelos malvados cientistas materialistas/ateístas/naturalistas para refutar a evolução! Basta encontrar fósseis humanos modernos embutidos em estratos do período Jurássico (há 144 milhões de anos). DETONE esse mito mágico transformista. Agora levante esse traseiro magro da frente do computador, pegue sua pazinha e
            vá escavar. Com a ajuda de Deus, vc não demora a encontrar sua prova…..
            Não importa se a moça era judia, os judeus também precisam da salvação depois que Cristo veio – NT. No mundo do VT a base pra salvação dos pagãos, era o civilizado povo judeu.
            Isso na opinião do cristianismo. Judaísmo, Islamismo, Hinduísmo, Budismo, Xintoísmo e outros têm opinião diferente. Então prove que as crenças de 2/3 da humanidade são falsas e só a sua é verdadeira e voltamos a conversar. Está ficando sem graça prolongar essa conversa com um micróbio acéfalo.

            http://geradormemes.com/media/created/hd8c3z.jpg

          • Ronaldo Alves

            “hahahaha! bela piada, que prêmio Nobel??? então quem são os crentes darwinistas que já comprovaram o mito pela ciência (macroevolução em fósseis ou vivos) e ganharam Nobeis hein, quem são eles?”
            Nenhum biologista evolucionário ganhou um Nobel porque não existe Nobel de Biologia. Vc conhece algum geólogo, astrônomo ou matemático ganhador de Nobel? Não existe pelo mesmo motivo. Dããããã…..
            Para reparar essa falha, a Academia Real das Ciências da Suécia (a mesma que premia o Nobel) criou o Prêmio Crafoord, que recompensa a pesquisa de matemática, geociências, astronomia e biociências. E neste caso, Carl Woese, cientista norte-americano, foi premiado em 2003, por trabalhos em Biologia Evolutiva. Chora nenem…..
            Já no caso do International Prize for Biology (Prémio Internacional de Biologia), entregue pela Sociedade para a Promoção da Ciência do Japão (Japan Society for the Promotion of Science), Masatoshi Nei em 2002 e o Dr. Joseph Felsenstein em 2013 por trabalhos em Biologia Evolutiva. Chora de novo….
            Tsc, tsc, tsc…Velho Cícero, vc não toma jeito. Desinformação, estupidez e arrogância. Pefil típico de um CriaBURROcionista

            “No artigo do Enézio há vários exemplos, basta ver. E também Enézio propôs um desafiou a seus oponentes, pra comprovar de vez a evolução (sic) mas eles fugiram covardemente.”
            Falando em CriaBURROcionista…Vários exemplos ou Argumentum verbosium (prova por verbosidade)?
            Os textos do Enézio não passam de tentativas de esmagar os envolvidos pelo discurso prolixo, apresentando um enorme volume de material. Superficialmente, o argumento parece plausível e bem pesquisado, mas é tão trabalhoso desembaraçar e verificar cada fato comprobatório que pode acabar por ser aceito sem ser contestado. É mais uma tentativa de saturar a mente do oponente.
            Enézio ainda discute darwinismo como se discutia antes da síntese, e obviamente muitas ideias de Darwin estavam erradas e foram revistas. Com o advento da genética e biologia molecular ficaram mais abertas ás evidências que justificam a evolução biológica no meio acadêmico. Sua alegação sobre a síntese neo-darwiniana é meramente negacionista, pois as evidências moleculares e genéticas não apontam para tal ideia. De fato, negar não é refutar, e afirmar não é corroborar. É preciso muito mais do que sentar na frente do blog para refutar Darwin do trono acadêmico.
            Que tal conhecer melhor seu amiguinho consultando estes links:
            Desmascarando a camarilha pseudo-científica
            http://www.bulevoador.com.br/2
            5 criacionistas desonestos do Brasil
            http://blog.elivieira.com/2009
            Não, não temos macroevolução
            http://scienceblogs.com.br/rai
            Criacionistas e o método do papagaio
            http://www.darwin.bio.br/?p=10
            E NÃO ESQUEÇA! SE um dia a TE for refutada, o será por um cientista, não por um criaburrocionista. SE um dia a TE for refutada, não provará que o criacionismo está certo.

            “Só mesmo vc pra não notar (problemas de cognição né) como Jerry Coyne dá um show de contradições e incoerências em suas declarações”
            QUE BONITO! De evolucionista reconhecedor do design para obtuso crente darwinista. Quando a citação estava distorcida não havia problema, quando eu demonstrei a manobra criacionista, a citação está cheia de contradições e incoerências? Problemas de desonestidade intelectual, analfabetismo funcional, ou ambos?

            “Ele não tem ideia de como nós temos tal inteligência e cognição diferenciada dos outros animais, mas obviamente não admite um Construtor Inteligente pra esses atributos especiais”
            Talvez ele desconfie que o fato de possuirmos um cérebro maior e mais complexo tenha algo a ver com isso. Nem é preciso ser biólogo evolucionário para perceber a relação entre tamanho/complexidade e inteligência/cognição diferenciadas. A não ser que vc seja um CriaBURROcionista que acredita em alma e outras superstições.

            “Algo nunca comprovado cientificamente (evolução de moléculas e vias bioquímicas), sendo pura especulação e suposição da fé darwinista baseada sim, no famoso refrão mágico: “…durante milhões de anos”
            Na sua opinião de leigo obtuso, teimoso e auto-iludido. Serve “Evolução molecular” em https://pt.wikipedia.org/wiki/

            “Se contradizendo várias vezes no próprio texto demonstrando assim, as insolúveis e crescentes lacunas de seu mito mágico transformista onde ACREDITAM! que amebas viram cavalos, elefantes e GENTE em tantos tempos!”
            Quem acredita nisso são CriaBURROcionista que não entendem bulhufas de evolução e acham que ela acontece em linha reta, com uma classe se transformando em outra. Previsível para quem acredita em criação instantânea de animais completamente formados “POOFFF!”
            Como sou legal, vou te contar um segredo guardado pelos malvados cientistas materialistas/ateístas/naturalistas para refutar a evolução! Basta encontrar fósseis humanos modernos embutidos em estratos do período Jurássico (há 144 milhões de anos). DETONE esse mito mágico transformista. Agora levante esse traseiro magro da frente do computador, pegue sua pazinha e vá escavar. Com a ajuda de Deus, vc não demora a encontrar sua prova…..

            “Não importa se a moça era judia, os judeus também precisam da salvação depois que Cristo veio – NT. No mundo do VT a base pra salvação dos pagãos, era o civilizado povo judeu.”
            Também não te importa se tornar imoral para defender sua crença estúpida?
            Essa imoralidade não importa na opinião do cristianismo. Judaísmo, Islamismo, Hinduísmo, Budismo, Xintoísmo e outros têm opinião diferente. Então prove que as crenças de 2/3 da humanidade são falsas e só a sua é verdadeira e voltamos a conversar. Está ficando sem graça prolongar essa conversa com um micróbio acéfalo que parece um papagaio com Alzheimer, que esquece que foi mil vezes refutado, e repete as mesmas abobrinhas de novo…ISSO É MUITO CHATOOOOOOOO!

            http://geradormemes.com/media/created/hd8c3z.jpg

          • Cícero

            prêmio Nobel de Física, Química, Fisiologia ou Medicina

            Falácia ad-hoc. Nestas áreas a suposta ‘evolução’ estaria diretamente vinculada caso fosse real, sim!

            chororô de prêmios e prêmios… e daí??? onde está a PROVA irrefutável de macroevolução evidenciada nos planos corporais em fósseis ou vivos???… ainda no aguardo.

            Os textos do Enézio não passam de tentativas de esmagar os envolvidos pelo discurso prolixo

            Não enrole, certamente não foi prolixo pros oponentes; e cadê a prova simples deles que Enézio sugeriu no teste? amarelaram…

            É preciso muito mais do que sentar na frente do blog para refutar Darwin do trono acadêmico.

            É preciso muito mais do que sentar na frente do blog para defender a religião darwinista.
            É preciso provas, evidências e fatos científicos pra defender esse conto de fadas pra adultos.

            Quando a citação estava distorcida não havia problema, quando eu demonstrei a manobra criacionista, a citação está cheia de contradições e incoerências?

            Jerry precisa decidir no que crê, algo muito comum nos crentes darwinistas quando os fatos, pesquisas, estudos científicos traem suas crenças darwinianas.

            Basta encontrar fósseis humanos modernos embutidos em estratos do período Jurássico (há 144 milhões de anos). DETONE esse mito mágico transformista.

            A convivência de dinossauros e humanos é um FATO! com vários objetos, pinturas descrevendo-os.
            https://darwinismo.wordpress.com/?s=dinossauros

            Lamento vc continua infantil e patético como sempre…
            http://cdn.olhares.pt/client/files/foto/big/19/194346.jpg

          • Ronaldo Alves

            Falácia ad-hoc. Nestas áreas a suposta ‘evolução’ estaria diretamente vinculada caso fosse real, sim!
            Não estaria não. Quero ver uma pesquisa em física das partículas ou química dos grafenos ou autofagia celular estar diretamente vinculada à biologia evolutiva. Talvez vc encontre alguma relação com o Nobel de Economia ou de Literatura. Essa teimosia obssessiva em desqualificar a evolução é sintoma de neurose braba. Cuidado…..Bela foto em rapaz…..
            http://geradormemes.com/media/created/incrcj.jpg

            chororô de prêmios e prêmios… e daí??? onde está a PROVA irrefutável de macroevolução evidenciada nos planos corporais em fósseis ou vivos???… ainda no aguardo.
            Ué, se prêmios são irrelevantes por que vc me desafiou a apresentar pesquisas em evolução vencedoras de Nobel? Antes valia e quando apresentei trabalhos vencedores de prêmios não vale mais? A velha desonestidade intelectual….Deixa eu ver: De um lado vc com suas crendices, teimosia e analfabetismo científico. Do outro lado, mais de 150 anos de evidências reconhecidas por centenas de centros de pesquisa, associações científicas e educacionais, milhares de pesquisadores. Vc diz que não há prova de macroevolução. A academia científica afirma que existe. Oh dúvida cruel, em quem devo acreditar? HAHAHAHAHAHAHA….Se é pra vc ficar no aguardo de alguma coisa, continua aguardando G´zuis, porque evidências da evolução existem faz muito tempo. HAHAHAHAHAHAHA…PALHAÇO…..

            Não enrole, certamente não foi prolixo pros oponentes; e cadê a prova simples deles que Enézio sugeriu no teste? amarelaram…
            Muito machão vc perguntando pra mim…Que tal perguntar diretamente aos envolvidos sobre a tal prova? Aproveita e os acuse de terem amarelado…
            Falando em Enézio conheça um pouco desta peça:
            Desmascarando a camarilha pseudo científica
            http://www.bulevoador.com.br/2013/11/desmascarando-camarilha-pseudo-cientifica/
            5 criacionistas desonestos do Brasil
            http://blog.elivieira.com/2009/10/30/5-criacionistas-desonestos-do-brasil/
            Não, não temos macroevolução
            http://scienceblogs.com.br/rainha/2010/05/no_no_temos_macroevoluo/
            Criacionistas e o método do papagaio
            http://www.darwin.bio.br/?p=101

            É preciso muito mais do que sentar na frente do blog para defender a religião darwinista. É preciso provas, evidências e fatos científicos pra defender esse conto de fadas pra adultos.
            Isso pode ser verdade para essa tal “religião darwinista” que vc inventou. Quanto à evolução, os pesquisadores não ficam sentados na frente de blogs. Por isso ela é confirmada por testes no laboratório (como nos estudos de células, plantas e moscas da fruta) e no campo (como nos estudos de Grant sobre formas de bico em desenvolvimento entre os tentilhões de Galápagos), apesar de existirem mentecaptos que não aceitam esses trabalhos. Como se isso fizesse alguma diferença para o progresso inevitável da ciência….

            Jerry precisa decidir no que crê, algo muito comum nos crentes darwinistas quando os fatos, pesquisas, estudos científicos traem suas crenças darwinianas.
            Jerry Coyne não crê. Ele SABE devido às suas pesquisas que evolução é fato é criacionismo/DI é pseudo-ciência. Só vc com sua mente atacada pelo viés da confirmação e o efeito Dunning-Krueger para acreditar noutra coisa.

            A convivência de dinossauros e humanos é um FATO! com vários objetos, pinturas descrevendo-os.
            Isso é verdade. Tem até uma foto que prova isso:
            http://geradormemes.com/media/created/ew285k.jpg
            AHAHAHAHA…..Vc é doente mental sujeito. Qual seu problema em apresentar informações de sites e blogs científicos ao invés de blogs de apologética cristã? Será por que não existe informação confiável a respeito? O cara diz que evolução é conto de fadas para adultos, sem evidência alguma, mas a convivência de dinossauros e humanos é FATO, cujas evidências são vários objetos, pinturas descrevendo-os! Pareidolia que é bom nada…. HAHAHAHAHAHA….Cadê os fósseis humanos do período Jurássico?

            Lamento vc continua infantil e patético como sempre
            E vc parou de tomar o rivotril. Tà mais atacado que o normal. Ficou impossível conversar contigo. Quando vc voltar a tomar seu remédio titio volta conversar tá?

          • Jefferson Jr.

            O cara vem falar de evidência do “homem e dinossauro coexistir” usando o site Darwinismo.Wordpress… Cômico se não fosse trágico, o engraçado que o site (Darwinismo.Word…), enfatiza seus argumentos mas não apresenta os seus devidos artigos, além do fato que as “evidências” como representações de dinossauros em pinturas e figuras, são falsos e já foram desmascarados há tempos…

          • Cícero

            Jefferson, o ônus é seu em demonstrar falsidade dos artigos, referências citadas e descobertas expostas… boa sorte!

            A coexistência de humanos e dinossauros é um FATO IRREFUTÁVEL!
            há inúmeras evidências de dinossauros e dragões (répteis alados) e humanos em ambientes próximos: Uma infinidade de objetos, jarros, vasos, gravuras, pinturas, esculturas, e cavernas comprovadamente antigos mostrando esses seres. O que vc deduz? intrigante não? Será que era pura imaginação ou CRENÇA deles pintarem esses seres? Certamente os viram. http://www.genesispark.com/genpark/ancient/ancient.htm,

            O evolucionista Samuel Hubbard diz:
            “O fato de algum homem pré-histórico ter feito um petróglifo de um dinossauro nas paredes deste canyon PERTURBA completamente todas as nossas teorias relativamente à antiguidade do ser humano…”
            “O fato de o animal estar em pé e apoiado na sua cauda parece sugerir que o artista pré-histórico deve ter visto um vivo”.

            Tantos dinossauros pintados parecidos em lugares diferentes? é FATO cfe. estudos que povos antigos desenhavam, pintavam animais do seu ambiente próximo tipo: bois, cavalos, pássaros então pela lógica esses dinos também estariam próximos, há estudos sobre isso: amazon.com/Mystery-Acambaro-Dinosaurs-Survive-Recently/dp/0932813763.
            Engraçado que a mídia não gosta de divulgar essas coisas, será por que hein!!

            Outro FATO que evidencia o convívio de humanos e dinossauros em ambientes próximos é acharem vários fósseis de dinossauros com tecidos moles orgânicos ainda!
            A ciência já demonstrou sem sombra de dúvidas que humanos e dinossauros viveram em regiões próximas que mostra a história e a paleontologia nos vários fósseis de dinossauros com tecidos moles orgânicos presente neles ainda onde tal material jamais poderia ter “milhões” de anos e sim no máximo alguns milhares de anos, antes da deterioração molecular total.

            Os povos antigos fizeram muitos registros deles de variadas formas ex:
            https://darwinismo.wordpress.com/2015/07/22/evidencias-historicas-da-coexistencia-entre-humanos-e-dinossauros/

          • Jefferson Jr.

            Porque não vai cagar cara????? Esse papo de “tecido mole” já é maçante, tem explicação de sobra do que se trata e você não é o único criaciotonto que tento explicar isso, e mesmo que eu mostre você vai negar, não entende paçocas de paleobiolgia e prefere acreditar em Adautos Lourenços da vida que nos artigos científicos em si, e pare de mandar link de site criacionista que é feio demais, além de não ser artigos revisados em pares contem sérios erros científicos.

            Aliás, tem que ser bem burro pra achar que dinossauros conviveram com humanos, a paleontologia já possui anos de estudos e com provas suficientes que dinossauros se fora há milhões de anos, se não sabe como funciona datação de rochas, não culpe a ciência por sua ignorância ideológica.

            http://www.detecting.org.uk/html/Acambaro_Figures_Famous_Fakes_and_Frauds.html
            http://web.archive.org/web/20120908020732/http://www.ooparts.us/acambaro-figures.htm
            http://www.e-farsas.com/descoberta-arqueologica-desafia-teoria-da-evolucao-sera.html

          • Cícero

            Lamento, então continue um jumento acéfalo negando a ciência.
            Aqui, dinossauros c/tecidos orgânicos moles, logo pelos métodos de adivinhação não poderiam ter os “milhões” de anos como é fato sabido pela ciência que tal material não poderia durar esse tempo todo! Alguns links (teria mais):
            Ademais, fósseis de cérebros e ossos de dinossauros foram encontrados com tecidos moles ainda!! Algo que deveria se decompor em alguns milhares de anos no máximo.
            Se é tão improvável encontrarmos este tipo de material orgânico em fósseis que supostamente têm milhões de anos, como é possível isso acontecer?
            http://www.scientificamerican.com/blog/post.cfm?id=found-oldest-fossilized-brain-ever-2009-03-02
            http://news.nationalgeographic.com/news/2009/06/090630-dinosaur-mummy-skin.html
            http://news.bbc.co.uk/2/hi/science/nature/8124098.stm
            http://www.sciencemag.org/content/324/5927/626.abstract
            http://www.nature.com/nature/journal/v392/n6674/abs/392383a0.html
            http://www.sciencedaily.com/releases/2011/05/110502092255.htm
            http://www.livescience.com/9187-cache-chinese-mountain-reveals-20-000-prehistoric-fossils.html
            https://noticias.uol.com.br/ciencia/ultimas-noticias/afp/2017/01/31/costela-de-dinossauro-guarda-restos-de-tecido-mole-mais-antigos-ja-encontrados.htm
            A própria Nature reportou um novo recorde para material orgânico encontrado num fóssil de dinossauro – muito provavelmente colagéno (proteína) encontrado em ovos de dinossauro do período Jurássico:

            Mas não é só a idade dos fósseis que é notável, afirmam os pesquisadores. Análise espectroscópica das amostras do tecido ósseo extraídas do local de nidificação Chinês revelou o material orgânico mais antigo alguma vez visto num vertebrado terrestre. Isto foi surpreendente porque os ossos do fémur fossilizado eram delicados e porosos, o que os tornava mais vulneráveis aos efeitos corrosivos do intemperismo e das águas subterrâneas, afirma Reisz.
            Mas este material orgânico que se encontra preservado não é surpreendente se a Terra é tão jovem como indicam a Bíblia e um significante número de evidências. O artigo prossegue dizendo:

            Reisz é de opinião que estas proteínas complexas que a sua equipa detectou naquele material orgânico são colagéno preservado.
            Mas o colagéno é um tecido macio, e os estudos já demonstraram que o mesmo não pode durar milhões de anos.
            (Palmer, C. Oldest dinosaur embryo fossils discovered in China. Nature News. Posted on nature.com April 10, 2013, accessed May 6, 2015.)

            Sim, segundo a ciência esse material se deterioraria em milhares de anos.
            A questão de acharem tecidos orgânicos em fósseis de supostos milhões de anos está em desacordo como os estudos:
            “Sempre foi assumido que a preservação [de ossos de dinossauro] não se estendia ao nível celular e molecular“[…]“Os caminhos para a deterioração celular dos animais modernos são bem conhecidos. Extrapolações preveem que todo o material orgânico desapareça por completo em 100,000 anos, no máximo.“ Cientista Mary Schweitzer
            http://news.bbc.co.uk/2/hi/6548719.stm
            E outra pesquisadora mostra em tabela de estudo detecção do colágeno (proteína) em 2.7 milhões de anos a 0ºC; 180.000 anos a 10Cº, e 15.000 anos a 20Cº.
            Aqui: http://www.biochemist.org/bio/02403/0012/024030012.pdf.

            Figuras de Acambaro falsas? no link abaixo diz que as figuras são verdadeiras. Por que seus links citados não mencionam o autor também abaixo hein?!
            http://www.apologeticspress.org/apPubPage.aspx?pub=1&issue=600&article=695

            E inúmeras outras figuras, desenhos, objetos espalhados pelos mundo acaso também são falsos/fraudes?… aff me poupe seu fundamentalismo obtuso. Por ex:
            http://www.forbidden-history.com/dinosaur-movie.html
            https://creation.com/bishop-bells-brass-behemoths

          • Jefferson Jr.

            Cara! Ou você é extremamente burro, ou é desonesto, leu os links que passou?? Acho que não!! Os artigos da Nature mencionam fosseis do período cretáceo, com datação entre 70 milhões de anos, aonde eles mencionam outra idade???????? E vou explicar aqui pra o que é tecidos mole, os tecidos duros correspondem aos ossos e dentes, moles correspondem aos outros órgãos, quando os estudos mencionam “tecidos moles” não quer dizer no sentido literal, quer dizer que são tecidos FOSSILIZADOS de outros órgãos que não correspondem à ossos, entendeu???? eu sei que ignorou.

            “Os caminhos para a deterioração celular dos animais modernos são bem conhecidos. Extrapolações preveem que todo o material orgânico desapareça por completo em 100,000 anos, no máximo.“ Cientista Mary Schweitzer”
            Será??? Volte uma casa e tente de novo!!!…
            https://netnature.wordpress.com/2017/09/14/ossos-nao-tao-secos-uma-entrevista-com-mary-schweitzer/
            Agora sobre as representações de dinossauros nem vou discutir, é chutar cachorro morto, pois são fraudes confirmadas, é só vocês criaciotontos que ainda insistem no erro, esses sites você pode enfiar na bunda, pois não passam de piada, nem científico é…
            Volta pra escola cara, o jumento acéfalo que nega ciência aqui não sou eu, você precisa aprender ciências básicas, ficou claro que não entende nada de paleontologia, nem arqueologia ou fisiologia, criacionistas só sabem fazer uma coisa, pegar estudos prontos e mudar a interpretação da maneira que convém, pois não são capazes de publicar estudos e provar suas bobagens pelo método científico, parecem carrapatos que vivem à custa de outra áreas científicas…

          • Cícero

            Volte vc pra escola leigo. Nem sabe interpretar textos. Naturalmente o complô do stablishment acadêmico de forma preconceituosa e discriminadora de maioria ateia não aceitam novas ideias que as pesquisas comprovam rejeitando o mito transformista darwinista.
            Justamente devido a crença ateista da maioria dos cientistas, eles precisam defender desesperadamente sua religião bizarra, e sempre irão datar os fósseis com ou sem tecidos moles em “milhões” de anos.

            Olhando mais atentamente o link que vc passou, veja o que a cientista diz!

            “… nós achávamos que sabíamos como os fósseis eram formados – que o animal morria, era soterrado e todos os componentes orgânicos eram perdidos por necrólise, deixando apenas pequenos espaços que depois seriam preenchidos por minerais. Mas isto nunca explicou totalmente algumas coisas que nós vemos nos fósseis, como a preservação da pele, por exemplo. Entretanto, as implicações disso não eram consideradas pela maioria dos paleontólogos. Descobrir tecidos moles que respondem aos nossos testes como as amostras modernas sugere que, em trezentos anos de estudo, nós não sabemos tanto quanto imaginávamos.”

            Ela afirma claramente tecidos moles orgânicos, e não material FOSSILIZADO DURO!

            “O primeiro osso que eu estudei foi um me passado por Jack e quando eu mostrei para ele os resultados iniciais ele ficou um pouco zangado. Eu liguei para ele algumas vezes e na minha terceira ligação ele disse “-Droga, Mary, os criacionistas vão simplesmente amar você.”. Mas eu disse “- Isto é apenas o que os dados dizem, eu não estou inventando nada”.

            Interessante que ela defende o que os dados dizem, e não se sua descoberta irá agradar criacionistas ou evolucionistas!

            “Então, isso nos deixa apenas com duas alternativas para a interpretação dos dados: ou os dinossauros não são tão antigos quando nós pensamos ou nós não sabemos exatamente como ocorre os processos de preservação. Nós sabemos por um tempo que a pele pode ser preservada.”

            Veja que ela não confirma que esse tempo deveria ser de “milhões” de anos!

            E não somente ela, mas outras pesquisas atestam que este material não poderia durar milhões de anos.
            Estudos de Christina Nielsen Marsh da University of Newcastle estabelecem conservação de DNA em no máximo 17.500 anos, a 10º GRAUS. Tabela de estudo da cientista:
            Detecção do colágeno (proteína) em 2.7 milhões de anos a 0C; 180.000 anos a 10 C, e 15.000 anos a 20C.

            E outros cientistas dizem: “Mas como enquadrar isto com o fato bem conhecido de que a maioria das moléculas orgânicas decaem em MILHARES de anos?” http://news.bbc.co.uk/2/hi/science/nature/7495961.stm.

            No seguinte texto:
            http://www.sciencedaily.com/releases/2002/11/021114070031.htm
            temos esta pesquisadora afirmando: “DNA may only survive for up to 100,000 years, whereas proteins may survive for up to10 million.”
            A verdade é que os cientistas estão alvoroçados com essas descobertas desconcertantes pra desespero dos crentes darwinistas! rsrs…

            E como eu disse, o ônus é seu em provar que TODAS as descobertas expondo a convivência com humanos e dinossauros fossem falsas/fraudes. Gritar como um papagaio imbecil e patético, atesta mais ainda sua incompetência e desconhecimento do tema.

            Enfim, estude mais leigo, já são quase 1000 cientistas PhD (inclusive ateus!), além de tantos outros e inúmeros médicos que rejeitam os contos de fadas da religião mágica darwinista.
            http://www.dissentfromdarwin.org/faq/
            http://ateismorefutado.blogspot.com.br/2015/04/e-se-teoria-da-evolucao-estiver-errada.html

          • Jefferson Jr.

            Eita apelo à autoridade tosco, nem sei se dou risada aqui sobre o fato de você “pensar” que cientistas (“ateus”!?!?!?!!) duvidam das datações e dos modelos geológicos, ainda mais com essas fontes toscas que você não sabem nem interpretar, pode espernear a vontade cara, esse papo de “terra jovem” e dinos conviveram com humanos vai ficar na cabecinha oca de vocês, pois não existe nem se quiser um artigo que prove isso, paro aqui e deixo um uma explicaçãozinha básica sobre fósseis pra ver se aprende crentinho tosco…

            http://biologo.com.br/bio/fosseis/
            Vai sarnear em outro site vai, imbecil….

          • Cícero

            Caro jumento acéfalo, vc certamente deve ser um cientista PhD com publicações científicas revisadas por pares e já refutou todos esses links que passei não é mesmo! incluindo as provas/fatos que evidenciam a convivència de humanos e dinossauros. (que naturalmente a mídia acadêmica e mundial não tem interesse em divulgar).

            Mas agradeco seu link agora, outro confirmando minhas pesquisas referente a tecidos/materiais orgânicos moles que estão achando constantemetne em dinos, onde jamais poderiam ter os mitológicos “milhões” de anos sem consequente deterioração.

            “A preservação de matéria orgânica ou de restos esqueléticos delicados, uma vez que estes se decompõem e são destruídos rapidamente, requer condições de fossilização fora do comum que, por serem especiais, ocorrem na natureza mais raramente. Isso implica que fósseis de restos destes tipos não sejam frequentes. Em qualquer das circunstâncias, para que os restos de qualquer ser vivo fossilizem, é fundamental que estes sejam rapidamente cobertos por um material que os preserve, geralmente sedimento.”
            “Por outro lado, sendo o Holocênico (menos de 11.700 anos) parte do registo geológico, os restos orgânicos contidos em materiais holocênicos deverão ser considerados fósseis. Ou seja, o que determina o fóssil é a ocorrência conjunta de um resto identificável com origem biológica num contexto geológico, independentemente do seu tipo e da sua idade.”

            Interessante que “condições fora do comum” e “rapidamente cobertos” remetem perfeitamente ao Dilúvio, que produziria exatamente o tipo de registo geológico que hoje temos: milhares de metros de sedimentos claramente depositados pela água e mais tarde endurecidos até se transformarem em rochas contendo milhões de fósseis. Um evento recente com violento e rápido sepultamento dos animais, uma característica clássica do Dilúvio!

            Grato otário…

          • Jefferson Jr.

            Na boa mano, tu é imbecil demais, deu por aqui, faz o que quiser….
            https://uploads.disquscdn.com/images/76537da6c06cca584ceb1c76d6d6e377c4f72fccf87e5b1481a4aa893323a440.png

          • Cícero

            Amigo, aguardo mais um link seu confirmando o Criacionismo Científico factual ou o mega-evento do Dilúvio ou então volte pro jardim de infância e suma daqui otário…

          • Cícero

            Não adianta insistir. Evolução e origem da vida são coisas diferentes.

            Cara, deixa de ser falacioso! (por isso desisti de vc) Trata sim, da MESMA coisa.
            É a suposta “evolução química” onde qualquer site de colegial já mostraria esse mito.
            http://www.grupoescolar.com/pesquisa/evolucao-quimica–a-origem-da-vida.html
            http://www.infoescola.com/evolucao/teoria-da-evolucao-molecular/

            O termo e conceito ‘evolução’ (sic) está explícito nas duas linhas de pensamento; mesmo porque a suposta ‘evolução das espécies’ dependeria diretamente e obrigatoriamente da evolução química (por sinal deveria ser extremamente inteligente, projetada, ordenada e construída!) algo NUNCA observado, nem em experimentos manipulados inteligentemente por um designer (homem).

            Acaso seu micro e celular sugiram do acaso cego acidental? (algo bem mais simples que uma vida orgânica reprodutiva e adaptada) e nosso cérebro hein?! muitíssimo mais complexo, poderoso e sofisticado que qualquer computador construído por designers!

            O Fato é que nós podemos ver, a partir das evidências ao nosso redor, e a partir do registo fóssil, tal como declara a LEI da Biogenese, é que a vida só advém de outra vida já formada e gerada e não de partículas INANIMADAS ao léu em lama inorgânica,… assim a evolução já morreria antes de nascer!

            E o bigodudo da figura esquece que o NADA nem existe, o que também demandaria uma origem conceitual epistemológica!

          • Ronaldo Alves

            teste 1

          • Ronaldo Alves

            Infelizmente para vc a ciência não é democrática, nem depende de opiniões. A gravidade ocorre independente de nove, dezenove ou noventa e nove porcento das pessoas acreditarem nela. O mesmo vale para a evolução, origem química da vida ou o Big Bang. Portanto suas bravatas e esperneios não vão afetar em nada os centros de pesquisa e o trabalho de cientistas ao redor do mundo.
            Você se opõe ao darwinismo por uma questão puramente de fé e nem as evidências recolhidas pelos cientistas ao longo do século e meio passados que dão total apoio à evolução, serão suficientes para convencê-lo porque sua crença não se baseia na razão. O mesmo vale para as evidências que apontam para a origem química da vida (e são muitas), ou evidências para o Big Bang. Então deixemos de chorumelas e vamos encerrar por aqui. Tenho coisas melhor a fazer como me inscrever no curso online gratuito de ciência e filosofia com Marcelo Gleiser, físico brasileiro e autor de várias obras de divulgação científica.
            Bye, bye e passe bem.

          • Cícero

            Por falar em física, já vários físicos aceitam o Deus Criador Inteligente justamente devido a seus estudos. Por ex. na década de 1940, o físico Kurt Godel tentou provar a existência de Deus. Ela é baseada neste argumento do Santo Anselmo de Canterbury:

            1.Há um grande ser chamado de Deus, e nada maior que Deus pode ser imaginado;
            2.Deus existe como uma ideia na mente;
            3.Com todas as outras coisas sendo iguais, um ser que existe tanto na mente quanto na realidade é melhor do que um ser que só existe na mente;
            4.Portanto, se Deus só existe na mente, então é possível que podemos imaginar um ser mais poderoso do que Deus;
            5.No entanto, isso contradiz a argumentação número 1, porque nada maior do que Deus pode ser imaginado;
            6.Portanto, Deus existe.

            Usando a lógica modal e universos paralelos, Godel argumentou que um ser todo-poderoso existe, se ele existe em pelo menos um universo paralelo. Como há um número infinito de universos com um número infinito de possibilidades, um universo tem um ser tão poderoso que seria considerado um Deus onipotente. Portanto, Deus existe.

            Em 2013, dois matemáticos realizaram equações de Godel em um MacBook e descobriram que elas estavam corretas. No entanto, o teorema não prova que Deus existe – prova simplesmente que é possível que um ser todo-poderoso poderia existir de acordo com a lógica.

          • Ronaldo Alves

            1. Quando vc afirmar algo favor citar referências. Se como vc diz vários físicos aceitam o Deus Criador Inteligente justamente devido a seus estudos., especifique quais físicos e quais estudos.
            2. Seja mais cuidadoso. Kurt Gödel não era físico. Foi um matemático austríaco, naturalizado norte-americano.
            3. O que não falta na internet são objeções ao argumento de Anselmo/Goedel. Pesquise no Google:
            universoracionalista, Uma crítica ao argumento ontológico de Gödel para a existência de Deus
            rebeldiametafisica, Sobre O Valor Dos Argumentos Ontológicos
            wikipedia, Argumento ontológico
            blog do prof.H, O teorema da existência de Deus de Kurt Gödel
            rebeldiametafisica, Defender o Cristianismo Faz Pessoas Brilhantes Parecerem Estúpidas
            criticanarede, O argumento ontológico e o problema da possibilidade da existência de Deus
            wiki.ironchariots, Ontological argument
            E objeções aos argumentos apologéticos mais populares:
            patheos.com/blogs/crossexamined, The Inadequate Deist Argument
            infidels.org/library/modern/john_loftus, Why I Am Not a Christian: A Summary of My Case Against Christianity
            Depois de vc rebater as objeções presentes nestes links voltamos a debater.
            Boa sorte

          • Ronaldo Alves

            Não adianta vir com argumentos ontológicos, silogismos, citar Goedel e outras “racionalidades” para justificar a crença em Deus. Continua irracional rejeitar montanhas de evidências científicas que desmentem a inerrância bíblica. Além disso os argumentos padrão para a existência de Deus (argumento cosmológico, argumento moral, argumento transcendental, argumento ontológico, argumento do design, argumento da afinação, etc) implicam em deísmo do “senhorio ausente”, a crença em um Deus impessoal que criou o universo, mas não intervém milagrosamente nele, e que não se revelou à humanidade. Mesmo que eu aceitasse o deísmo, um Deus distante dificilmente se distingue de nenhum Deus. Mover-se do deísmo implícito pelos argumentos padrão para a existência de Deus do cristianismo é como tentar voar um avião para a lua: simplesmente não há maneira de chegar lá. E os argumentos padrão teístas não nos levam a nenhum tipo particular de teísmo, seja o Judaísmo, o Cristianismo ou o Islã, e muito menos qualquer ramo específico dessas religiões.

          • Cícero

            1. especifique quais físicos e quais estudos.
            http://www.respostasaoateismo.com/2015/04/lista-de-cientistas-da-atualidade-que.html

            2. Seja mais cuidadoso. Kurt Gödel não era físico. Foi um matemático austríaco, naturalizado norte-americano.

            Então também a Hypescience errou!

            3. O próprio Tomás de Aquino rejeitou o argumento ontológico de Anselmo baseado na ideia de que os humanos não podem entender a natureza de Deus.
            Se não conhecemos Deus (e com isso, teólogos ortodoxos estão de acordo), como diremos se a possibilidade da sua existência é evidente ou não?

            Conhecer a Deus intimamente e diretamente em sua natureza e essência total, obviamente ninguém saberá ou poderá ter acesso nesta Terra, mas podemos sentir seus inúmeros efeitos e bençãos reais através de seu Filho agindo nos cristãos e outros. A própria Bíblia diz que ninguém pode ver a Deus. E me parece que Aquino era muito crente em Deus e Jesus!

            4. O teorema de Goedel não prova que Deus existe – prova simplesmente que é possível que um ser todo-poderoso poderia existir de acordo com a lógica. Porém nem toda a possibilidade lógica é uma possibilidade real. Lembre-se, uma coisa só é logicamente possível se sua negação não é nem implica uma contradição.

            A própria ferramenta da lógica em falar dela e de Deus; advém de um Deus racional inteligente lógico, pois alegar que a lógica viria de meros elementos químicos-físicos limitados dançando em nosso cérebro, seria ilógico e irracional contra esta ferramenta conceitual epistemológica transcendente metafísica. Também então, primatas deveriam ter logicamente tais atributos.

            Deus não está sujeito a lógica, mas nossas afirmações sobre Deus estão sujeitas à lógica.
            Ele não está sendo submetido à nossa razão. Deus é autor da razão e nos criou a sua imagem. As leis básicas da razão não se opõem a revelação de Deus; são parte essencial da revelação geral de Deus. Assim, usar a racionalidade humana, pensamentos cognitivos e lógica não é opor-se a revelação de Deus; é parte dela.

            5. E o que os pesquisadores em questão dizem ter realmente comprovado não é a existência de um “Ser Supremo” em si, mas como o uso de uma “tecnologia superior” pode resultar em avanços em vários campos científicos

            Avanços científicos tecnológicos (conhecimentos) já estavam preditos inclusive no AT…

            6. É irracional rejeitar montanhas de evidências científicas que desmentem sua crença na inerrância bíblica.

            Sim, é irracional (e ilógico) rejeitar montanhas de evidências científicas, históricas, arqueológicas que atestam a inerrância bíblica em vários eventos e personagens citados nela!

          • Ronaldo Alves

            http://www.respostasaoateismo.com/2015/04/lista-de-cientistas-da-atualidade-que.html
            Bacaninha, uma lista de cientistas cristãos. Pera, aceitar a existência de um Deus Criador Inteligente não implica na veracidade do cristianismo. Argumentos padrão como Argumento Cosmológico, Moral, Transcendental, Ontológico, do Design, da Afinação, são todos argumentos deístas . Se eu aceitasse qualquer um deles, eu estaria apenas concordando que alguma divindade criou o universo. Mas qual delas? Esses argumentos são tão bons para o Islã ou para o xintoísmo como o cristianismo e o judaísmo.
            Ah, e a Hypescience errou mesmo. Igual a vc. E chega né? Quando vc tiver algum argumento novo para apresentar continuamos o debate. Ficar refutando as mesmas baboseiras de sempre é que não dá. A Teoria da Evolução jogou por terra a tese de que a vida precisou de intervenção divina para existir e também pôs em dúvida outro conceito importante para muitas religiões: o suposto status especial do homem perante os demais seres vivos. Sua preocupação em negar a teoria evolutiva de Darwin tem a ver com o conceito de pecado original. Ora, se o primeiro casal nunca existiu, e se a morte nos acompanha desde a origem, o sacrifício de Jesus aparentemente perde o sentido. E pior: Deus teria criado um Universo cheio de sofrimento e dor. Essa é a conclusão que vc não quer aceitar. Mas resistir é inútil. Se conforme.

          • Ronaldo Alves

            Na verdade, ao invés de ficar fazendo suposições feito os religiosos, os ateus examinariam o ônibus e descobririam então que não havia evidências de um motorista. Portanto não havia um destino certo. Daí os ateus tentariam entender como o ônibus funcionava, para obter controle sobre ele e dirigir para onde quisessem. Fim da história.

          • Ronaldo Alves

            Minha versão é diferente. Enquanto os religiosos se acomodariam no banco traseiro do ônibus fazendo mil e uma suposições, os ateus, depois de descobrirem que não havia evidências de um motorista, tentariam entender como o ônibus funcionava para obter controle sobre ele e dirigir em segurança para onde quisessem. Mas por que um ônibus? As evidências apontam mais para um grupo de ateus e religiosos vendo-se de repente agarrados a um tronco de árvore que flutua num rio turbulento em direção ao que parece ser uma cachoeira.

  • Sid