Bule Voador

Homem gay preso por se recusar a deixar o parceiro doente no hospital é pai da fundadora do weareatheism.com

Esta história esteve por toda a Internet hoje: Um homem gay foi preso em um hospital por se recusar a deixar seu parceiro doente, pois ele não era reconhecido como “membro da família”.

O que você talvez não saiba é que Roger Gorley, o homem que foi preso, é pai de Amanda Brown, uma das fundadoras do WeAreAtheism.com e coordenadora da conferência Reasonfest.Amanda2

Amanda escreveu uma versão bem mais detalhada e pessoal da história em seu website e é a versão que você vai querer começar a passar para as pessoas em suas redes sociais:

Meu pai, Roger Gorley, e seu esposo, Allen Mansell, estão casados há quase 5 anos. Eles vêm dividindo uma casa juntos, comprado carros juntos, têm todos os seus investimentos e todo o resto da documentação resolvida para este ser considerado um casamento real pela lei. No Estado do Missouri uniões civis não são reconhecidas, mas muitos casais homoafetivos vão em frente, seguem como toda a papelada e registram sua união no Estado para que possam ser reconhecidos como parceiros de vida para as outras pessoas em momentos como esses, e especialmente depois da morte da sua pessoa amada. Meus pais fizeram isso. Eles fizeram toda a documentação para que algo como o que eu estou prestes a contar pra vocês nunca acontecesse com eles.

A enfermeira já tinha perdido a paciência a essa altura e pediu para o meu pai se retirar. Ele devolveu pra ela um olhar surpreso e disse “Não, eu vou ficar com o meu esposo”. Ela respondeu com “Eu sei quem vocês dois são. Você tem que ir embora”. Meu pai entendeu isso como ela sendo alguém que já tratou o Allen antes, sabia quem meu pai era pra ele, e estava tomando a decisão de que eles não tinham direito a ter um ao outro como esposo e esposo. Então ao invés de checar os papéis para encontrar o mandato em seu prontuário (eles tinham feito mandatos um para o outro) ela imediatamente chamou a polícia para remover o meu pai a força.

Não havia motivo para escalar a situação até o ponto de prender Roger. Ele não tem antecedente criminal de nenhum tipo e nunca havia desrespeitado uma ordem direta de um policial até esse dia. Meu pai é um homem maravilhoso que venceu vários obstáculos na vida e finalmente encontrou o homem com quem ele quer passar o resto da sua vida.

Nós somos todos seres humanos. Nós nascemos do mesmo jeito. Devíamos todos ter as mesmas proteções da lei, independente de orientação sexual. Já é hora da América dar fim a essa discriminação. É hora de cada pessoa buscar a felicidade de qualquer maneira que ela ache correta; desde que seja seguro, são e consensual, não haverá problema nenhum. Somos todos capazes de amar. Estamos todos à procura dele em algum ponto de nossas vidas. Se fosse o seu parceiro nessa situação, você teria largado a sua mão?

Ugh… que história horrível e bonita ao mesmo tempo. Horrível por causa do que a família de Amanda está passando nesse momento, e bonita por conta da onda de manifestação de apoio para seu pai de vários lugares do mundo.

Amanda e Roger devem aparecer na CNN amanhã perto das 14h, mas o horário pode mudar. De qualquer modo, vou fazer um post com o vídeo assim que ele estiver disponível.

Fonte: The Friendly Atheist

Autoria: Hemant Mehta

Tradução para o Bule: Guilherme Balan

  • washington

    Meu pai e seu esposo? puts e asqueroso! nao da pra ler isso! impossivel! o mundo ta muito evoluido pro meu gosto!